Compartilhar:

Na manhã desta quinta-feira, Cuéllar e Henrique Dourado foram julgados pelo STJD (Superior Tribunal de Justiça Desportiva), por causa de suas respectivas expulsões no jogo contra o Palmeiras, marcado pela confusão generalizada, no último dia 13 de junho. Os atletas pegaram um jogo de suspensão e serão desfalque só para o duelo contra o São Paulo, na próxima quarta-feira (18). Assim como eles, Jonas pegou apenas a suspensão automática, mas já foi negociado com o Al-Ittihad, da Arábia Saudita.

Do lado do Palmeiras, Dudu, Jaílson e Luan também foram julgados. E só o zagueiro pegou dois jogos de suspensão, os outros dois desfalcaram a equipe paulista em apenas uma rodada – vale lembrar que o meia Dudu foi flagrado tentando cuspir em Léo Duarte.

 

Relembre o caso

O jogo Palmeiras x Flamengo (1 a 1), válido pela décima segunda rodada do Campeonato Brasileiro, ficou marcado pela confusão dentro de campo e pelas trapalhadas do árbitro Bráulio da Silva Machado, de Santa Catarina. O juiz, que já estava distribuindo cartões amarelos de forma confusa, começou a perder o controle da partida no meio do segundo tempo, quando não expulsou o volante Felipe Melo, após entrada forte em Vinicius Junior.

No final do jogo, mais uma confusão: aos 46 minutos, Dudu, do Palmeiras, revoltou-se ao sofrer uma falta de Cuéllar e partiu para cima do colombiano. Com a chegada dos outros atletas, o tumulto se instalou no gramado. Após muito empurra-empurra, o saldo foi de seis expulsos: Jailson, Dudu e o reserva Luan, pelo Palmeiras; Cuéllar, Jonas e Henrique Dourado, pelo Flamengo.

Imagem destacada: Gilvan de Souza/ Flamengo


Quer que esse trabalho continue? Então precisamos que você torne-se apoiador do site! Acesse apoia.se/mrn e saiba como é fácil contribuir a partir de 5 reais mensais.

Compartilhar: