Compartilhar:

Final de junho, início do segundo semestre, e enquanto todos curtem a Copa do Mundo, o MRN preparou um breve balanço dos jogadores que decepcionaram, dos que se acertaram e das revelações do time Rubro-Negro nesses primeiros seis meses de 2018. Vale lembrar que o Flamengo se reapresentou na última segunda-feira para dar início as atividades visando a volta do Campeonato Brasileiro, no dia 18 de julho. No elenco, Barbieri já não pode mais contar com Jonas, vendido para o Al-Ittihad, Vizeu e Vinícius Jr que se apresentaram a Udinese e Real Madrid, respectivamente.

Decepções: Henrique Dourado, Marlos Moreno e Geuvânio

Entre os três atacantes, talvez Dourado seja o que mais decepciona. Contratado por R$11,5 milhões com a esperança de ser a salvação diante da suspensão de Guerrero e da venda de Vizeu, o camisa 19 ainda não se pagou. Com Vizeu vendido e Guerrero como incógnita, por conta do contrato e do julgamento, a vaga de centroavante do Rubro-Negro segue com uma lacuna ainda não preenchida: a de titular para o restante da temporada. Vale lembrar que recentemente o Flamengo contratou o atacante Fernando Uribe, ex-Toluca.

Por outro lado, Geuvânio e Marlos Moreno chegaram em situações distintas. Enquanto o colombiano foi contratado sob a chancela de Reinaldo Rueda, que deixou o clube dias após a chegada do jogador, Geuvânio tem mais tempo de casa. Mesmo passando por diversos treinadores, o atacante revelado no Santos e emprestado pelo Tianjin Quajian não conseguiu se firmar, até quando o Rubro-Negro passou por uma “crise” na posição, com a lesão de Berrío e a oscilação de Éverton Ribeiro.

Acertos: Diego Alves, Renê e Éverton Ribeiro

É nítida a melhora nos três jogadores desde a chegada de Maurício Barbieri. No gol, Diego Alves pela primeira vez é de fato um goleiro que transmite confiança total à torcida. Após um início badalado mas sem tantas atuações convincentes, o goleiro começou essa temporada em bom nível técnico. Na lateral esquerda, o criticado Renê deu lugar ao aclamado Renê. Com maior influência no jogo do Rubro-Negro, o lateral consegue se destacar defensivamente – característica dele -, o que dá maior confiança para “ousar” por vezes no ataque.

Éverton Ribeiro é um capítulo à parte. Mesmo estando longe de ser o meia que foi no Cruzeiro, o camisa 7 já dá indícios de melhora técnica. Após pouco mais de um ano de Flamengo, o meia cada vez mais se torna importante taticamente, e desta vez sem a discussão se deve ou não jogar ao lado de Diego. Cada um na sua função, de formas distintas, tendem a contribuir muito para a temporada.

Revelações: Léo Duarte, Matheus Thuler e Jean Lucas

Mais uma, ou algumas, gratas surpresas vindas da base. Assim como a dupla já consolidada Paquetá e Vinicius Júnior, a dupla de zaga com média de idade de 20 anos formada por Léo Duarte e Thuler já enfrentou grandes pedreiras sem deixar a desejar, casos de Atlético-MG e Palmeiras. No meio-campo, Jean Lucas surge como uma espécie de décimo segundo jogador de Barbieri. A verdade é que o volante ainda precisa amadurecer e para isso é importante não pular etapas, mas já é uma boa e grata surpresa.

Menção honrosa: Maurício Barbieri

O antes técnico-interino, que teve seu contrato efetivado de vez, foi muito bem desde que chegou. O treinador conseguiu extrair o máximo, ou perto disso, de alguns jogadores, além de manter o nível de outros que já vinham bem. Sob a batuta de Barbieri, o Flamengo venceu 10 dos 18 jogos que disputou, está em primeiro no Brasileiro com 75% de aproveitamento e classificado para a fase de mata-mata da Libertadores e da Copa do Brasil.

Barbieri ao lado de Paquetá, outro garoto já consolidado no Flamengo (Foto: Gilvan de Souza/Flamengo)


 

Foto destacada: Gilvan de Souza/Flamengo

Quer ser apoiador do Mundo Rubro Negro? CLIQUE AQUI
 

LEIA TAMBÉM

> O Guerrero voltou, mas o caô continua
> Cadê o Trauco? Sem justificativa, lateral não se reapresenta no Ninho do Urubu
> Visando a retomada da temporada, Fla inicia mais uma semana de treinos
> Decepções, revelações e acertos do primeiro semestre
> Calendário BFA: Flamengo Imperadores no Campeonato Brasileiro
> Idas, vindas e planejamento na pausa da Copa
> FAQ Uribe: relacionamento com a torcida, comparação com Guerrero e perna preferida

Compartilhar: