Compartilhar:

A Comissão Jurídica do Flamengo se reuniu na noite desta quarta-feira e marcou a votação sobre a impugnação da candidatura de Ricardo Lomba à presidência do clube para a próxima quinta-feira. Por causa de uma suposta irregularidade envolvendo sua profissão, o candidato da situação pode ficar fora do pleito – a informação foi divulgada em primeira mão pelo jornal O Globo.

“O problema é que ele é funcionário público federal. É auditor fiscal da receita”, explicou o advogado Marco Aurélio Assef, secretário do conselho de administração e membro da comissão eleitoral ao jornal O Globo. “O estatuto do servidor público veda o acúmulo de funções em sociedades privadas. E o Flamengo é uma sociedade privada”, completou.

O estatuto citado por Assef é o Regime Jurídico dos Servidores Públicos da União. O artigo 117, inciso 10, da Lei 8.112 diz o seguinte: “Ao servidor é proibido participar de gerência ou administração de sociedade privada, personificada ou não personificada, exercer o comércio, exceto na qualidade de acionista, cotista ou comanditário”.

Caso aconteça, a impugnação da candidatura de um presidenciável não será um fato inédito. Em 2012, o então candidato Wallim Vasconcellos e seu vice, Luiz Rodolfo Landim Machado, atual candidato da UniFla, foram impedidos de participar da eleição. Ambos não tinham cinco anos de vida associativa ininterrupta no clube, requisito para concorrer. O fato culminou na candidatura de Eduardo Bandera de Mello.


Apoie o MRN e ajude o nosso projeto a melhorar cada vez mais. Com R$ 10,00 por mês você participa dos nossos grupos de discussão no Whatsapp e Telegram. Seja assinante no Picpay: picpay.me/MRN_CRF ou apoiador no Apoia.se: apoia.se/mrn. Pensa em alguma outra forma de parceria? Entre em contato pelo 21 99419-6540.

Inscreva-se no canal no Youtube e acompanhe os programas MRN Live, o MRN Entrevista e muito mais! > bit.ly/canaltvmrn

Leia também

Flamengo e Gávea: Futebol Feminino segue invencível no estádio em 2018

Autoajuda

Que venha 2019

“Remontadas” – A ressurreição dos moribundos

Compartilhar: