Compartilhar:

Tome um café da manhã reforçado, é a refeição mais importante do dia. Não, não é clichê de aula de ciências, realmente funciona. A diferença é gritante.

Em geral, alimente-se bem. Coma suas besteiras – ninguém resiste a um bom podrão – mas não exagere. Não zombe de quem tem problema de peso, mas também não romantize obesidade. Faz muito mal à saúde.

+ Blog Mengo, Logo Existo: SPC intangível

Pratique exercícios, faça algum esporte, corra. Cuide de seu corpo. Estar bem com ele favorece sua autoestima e confiança. Não precisa ser um fitness apaixonado, apenas evite qualquer sinal de sedentarismo.

Cultive suas amizades, elas são a família a qual você escolheu pertencer. Relacionamentos passam, mas se os amigos forem junto, você está perdido.

Não guarde rancor. Ok, às vezes é impossível, mas pelo menos saiba o quanto isso é prejudicial a você e a quem o ódio é destilado. Negue a terceira chance. Se não for possível, negue a quarta, mas nunca a segunda.

Estude. Você só vive uma vez, eu sei, mas pense também a longo prazo. Evite a sensação “eu poderia ter feito mais”. Faça mais, agora.

Política se discute sim, aprendi por experiência própria. Mas em forma de debate, não agressão verbal. Se discorda do voto daquele cara gente boa, converse e busque entender seu lado. Às vezes é só ingenuidade (que também pode ser sua). Ele pode ter culpa da pouca informação que possui, mas não faz por mal.

Acerte um taco de beisebol no queixo de qualquer preconceituoso que se manifestar diante de seus olhos. Menos se o preconceito for com cambista ou flanelinha ilegal. Nesse caso, direcione o taco a estes.

Divirta-se, relaxe, faça o que gosta. Os deveres da vida estressam, e se você não tiver um refúgio que distraia a mente, ela se embola, o que também prejudica sua saúde. Cumpra suas obrigações, mas obrigue-se a agradar a si mesmo. Você merece.

Guarde dinheiro, mas não para sempre. Use-o para fazer aquela viagem inesquecível aos 30, não para pagar seu enterro. Aos 31, comece a guardar novamente, para aproveitá-lo aos 35.

+ “Remontadas” – A ressurreição dos moribundos
+ Zico comenta críticas a Paquetá: “É hora da torcida do Flamengo apoiar”
+ Que venha 2019

Cumprimente o porteiro, o jardineiro e o empregado, da mesma forma como faz com o advogado, o médico e o engenheiro. Você também nasceu careca, pelado e sem dente. Sua classe social não que define quem você é.

Não cumprimente o cambista na porta do estádio. Esse, tá liberado mandar… Enfim.

Ria e faça rir, diga por que está rindo. Tenha seu humor peculiar, mas nunca egoísta.

Beba água. Diga no cangote do(a) consagrado(a): “Tô hidratado”.

O mundo é seu. Viva! Leve como verbo ou interjeição.

E então, não dependa do Flamengo para abrir aquele sorriso na manhã seguinte. Os riscos estão provados e comprovados.

Eu, (in)felizmente já perdi essa luta. As consequências são dolorosas.

Posso me tornar o sujeito mais bem sucedido que você conhece, mas numa quarta-feira como essa, minha noite sempre será pior que a sua.

“Bom” dia. Conselhos válidos até sábado, dia 29 de setembro de 2018.

Saudações,
 


Léo Leal escreve no MRN e participa do programa Mesa Rubro-Negro no YouTube. Siga-o no Twitter: @_LeoLealC

 

Imagem destacada nos posts e nas redes sociais: Gilvan de Souza / Flamengo

Apoie o MRN e ajude o nosso projeto a melhorar cada vez mais. Com R$ 10,00 por mês você participa dos nossos grupos de discussão no Whatsapp e Telegram. Seja assinante no Picpay: picpay.me/MRN_CRF ou apoiador no Apoia.se: apoia.se/mrn. Pensa em alguma outra forma de parceria? Entre em contato pelo 21 99419-6540.

Inscreva-se no canal no Youtube e acompanhe os programas MRN Live, o MRN Entrevista e muito mais! > bit.ly/canaltvmrn

LEIA MAIS NO BLOG MENGO, LOGO EXISTO

> SPC intangível
> O dia mais feliz da minha vida
> Para todos, para nós, Flamengo
> Assombração
> Aconchego da vó
> Crer
> Voem alto
> Vida longa a Zé!

Compartilhar: