Compartilhar:

Olá Nação, esse é o meu primeiro texto no novo blog Linhas Rubro Negras. Sempre teremos uma resenha após os jogos do Flamengo.

O intuito desde blog é apenas falar sobre os jogos e comentar sobre a atuação dos jogadores e do jogo em si.

Pois bem.

O Flamengo e Palmeiras do último sábado (27/11) foi mais um daqueles jogos que para o Flamengo era uma decisão e acabou sendo decidido pelo adversário. Dentro das quatro linhas o Flamengo não jogou mal, mas contra um time pragmático, que ao fazer o primeiro gol sempre se fecha costuma praticar o antijogo. Essa é uma escola criada pelo Corinthians, ao qual técnicos como Felipão vem se utilizando com muita eficácia.

Leia também: Zico será embaixador do Fla na Flórida Cup

O Flamengo historicamente não tem a tradição de praticar o antijogo, mas sempre procura ser um time, utilizando a palavra da moda, vertical. Um time incisivo, que ataca e não gosta de se defender, um time que joga com a bola no pé, e assim o foi neste último sábado.

A defesa foi muito bem, mas mais uma vez, o poder de decisão faltou ao nosso Rubro Negro carioca.

E diante de um líder, que tirou 7 pontos do nosso time ao longo do segundo turno do Brasileirão e ainda colocou 4 à frente, não se pode errar e foi isso que Pará fez. Falhou. E deixou que Dudu finalizasse no canto sem chances para nosso ótimo goleiro César, que vem substituindo muito bem Diego Alves.

para falha flamengo palmeiras

O Flamengo sentiu mais uma vez a fraca atuação de Everton Ribeiro e Paquetá, ambos foram tão apagados, que coube ao coadjuvante dos coadjuvantes, aquele que não faz gol, o colombiano Marlos Moreno. Por incrível que pareça entrou bem, veloz, com atitude, e resolveu o jogo.

Eu apoio o Flamengo contratar de vez o garoto. Ele ainda, na mão de um técnico experiente como Dorival Junior, pode ser muito útil, e não apenas um “Gabriel” da vida como vem sendo atualmente.

No mais, foi um jogo de primeiro tempo morno, sem graça e um segundo tempo dos dois times jogando com muito mais velocidade, com Flamengo sempre melhor.

Destaco a falha da arbitragem no ataque do Palmeiras, onde César mostrou que pode ser titular, ou pelo menos o reserva imediato; e também o gol perdido pelo Paquetá já com o placar no 1 a 1.

Entretanto, AINDA É POSSÍVEL.

Deixo aqui também o link para seguirem meu canal no YouTube do Linhas Rubro Negras, onde após todos os jogos deixo meus comentários sobre os jogos do Flamengo.

https://www.youtube.com/channel/UCZwn-6EMwA6gSrsNecNXOJQ?view_as=subscriber

SRN
 


Fausto Barreto Ferreira da Silva, advogado na área do Direito Comercial e Cível, 38 anos, morador de Cotia, São Paulo, natural de São Bernardo do Campo e filho de carioca. Flamenguista por influência de seu pai é torcedor do Rubro-Negro desde 1991. Tem como ídolos Zico e Ayrton Senna. Também é torcedor simpatizante do Londrina e da Udinese.
 

Imagens: Gilvan de Souza / Flamengo

Apoie o MRN e ajude o nosso projeto a melhorar cada vez mais. Com R$ 10,00 por mês você participa dos nossos grupos de discussão no Whatsapp e Telegram. Seja assinante no Picpay: picpay.me/MRN_CRF ou apoiador no Apoia.se: apoia.se/mrn. Pensa em alguma outra forma de parceria? Entre em contato pelo 21 99419-6540.

Inscreva-se no canal no Youtube e acompanhe os programas MRN Live, o MRN Entrevista e muito mais! > bit.ly/canaltvmrn

Leia também

> Agora presidente, Bolsonaro com a camisa do Flamengo em jogo na Ilha causou polêmica

> Flamengo/Marinha goleia e continua invicto no Carioca Feminino

> Ao MRN, Ibson relembra gols contra o Palmeiras e crava: ‘é o jogo mais marcante da minha carreira’

> Flamengo x Palmeiras: Berrío faz aposta com atacante adversário

> Cinco grandes vitórias do Flamengo sobre o Palmeiras

Compartilhar: