Compartilhar:

Na noite desta quinta-feira (27), no Estádio Independência, o Flamengo não conseguiu superar o São Paulo na decisão da Taça BH Sub-17. O Rubro-Negro saiu na frente com Vitor Ricardo, mas viu Brenner comandar a vitória de virada dos paulistas por 3 a 1. O goleiro Victor Hugo ainda defendeu um pênalti no último minuto da partida.

Mesmo disputando a competição sem cinco importantes jogadores, os Garotos do Ninho lutaram, mostraram personalidade, mas acabaram sendo derrotados para o bom e experiente time do São Paulo, que conquistou o torneio pelo segundo ano seguido. Em sete jogos disputados, o time da Gávea conquistou cinco vitórias, empatou uma partida e perdeu outra, justamente na decisão. No total foram 16 gols marcados e sete sofridos. O atacante Vitor Ricardo foi o artilheiro do time na competição com cinco tentos anotados.

Campeão da Taça Guanabara, o Rubro-Negro estreia ainda nesta semana no segundo turno do Carioca Sub-17. Os Garotos do Ninho recebem o São Cristóvão, no próximo sábado (29), às 11h, na Gávea. Se também conquistar a Taça Rio, será campeão antecipado como na última temporada. 

O jogo

Enquanto o São Paulo apostava no trabalho com a posse de bola, o Rubro-Negro, bem postado defensivamente, sabia o momento certo para atacar. O Flamengo teve uma boa oportunidade no chute de fora da área de Leandro para abrir o placar, mas o goleiro Eduardo fez uma bela defesa.

Logo após a primeira chegada do time da Gávea, o Tricolor conseguiu encaixar o seu jogo, trabalhando jogadas pelo meio-campo sempre visando Brenner. O atacante até conseguia levar vantagem pelo lado esquerdo, mas quando tentava arriscar não conseguia vencer o goleiro Victor Hugo.

Embora tivesse uma postura mais reativa, aguardando o adversário em seu campo de defesa, o Flamengo tinha a estratégia bem definida para contra-atacar. As melhores oportunidades do Mais Querido surgiram pelo lado direito, em velocidade.

Foi assim que Vitor Ricardo abriu o placar aos 25 minutos. Marx Lenin recebeu a bola na lateral e tocou para o camisa 7, que no primeiro lance teve o chute defendido por Eduardo, mas no rebote não desperdiçou.

Com a vantagem no placar, o jogo ficou ainda mais à feição do Flamengo, que não conseguiu ampliar, no entanto, mostrou disciplina tática e controlou a partida até o encerramento da primeira etapa.

O São Paulo precisava equilibrar as ações para entrar novamente no jogo, e assim o fez. Brenner empatou aos nove minutos, Rodrigo Nestor virou aos 14 e Brenner, artilheiro da competição com seis gols, marcou novamente aos 22 minutos. Victor Hugo ainda defendeu um pênalti cobrado por Antony no último minuto da partida. Flamengo 1 x 3 São Paulo.

Flamengo: Victor Hugo, Teo, Natan, Vinicius (Lucas Gabriel), Ramon, Leandro (Yuri de Oliveira), Matheus Alves (Gomes), Luan (Athirson), Vitor Ricardo (Alan Pierre), Marx e Rhyan. Técnico: Mauricio Souza.

Foto: Divulgação /FMF


O Mundo Rubro Negro precisa do seu apoio para não acabar, e melhorar ainda mais. Contribua mensalmente com nosso trabalho. Clique aqui: bit.ly/ApoiadorMRN

Compartilhar: