Na tarde deste domingo (9), no Estádio da Gávea, o Flamengo coroou a boa campanha que fez durante todo o primeiro turno com o título da Taça Guanabara Sub-17. No tempo normal, vitória por 2 a 1 sobre o Botafogo, placar que igualou o duelo, fechando em 5 a 5 no agregado. Mas na intensa disputa de pênaltis, o Rubro-Negro levou a melhor: 9 a 8.

Com o resultado, o Flamengo garantiu vaga na decisão do Estadual. Se também conquistar a Taça Rio, será campeão antecipado, como na última temporada, quando a geração de Vinicius Junior conquistou os dois turnos no Sub-17.

A Taça Rio, segundo turno do Carioca, será disputada apenas no final do mês. Enquanto isso, o Flamengo vai em busca do quarto título da tradicional Taça BH de Futebol. O time comandado por Márcio Torres viaja nessa segunda-feira para Minas Gerais. E na quarta (12), às 15h, no Estádio Municipal Caetano Cenachi Neto, em Rio Doce, enfrenta a Ponte Nova (MG). Grêmio e Paraná completam o grupo do Flamengo na competição.

O jogo

Com a vitória sobre por 4 a 3 sobre o Flamengo, no jogo de ida, um empate bastava para o Botafogo conquistar o primeiro turno do Estadual. Mas jogar defendendo o resultado diante de uma equipe que marcou gols 53 gols em 15 jogos, até então, não foi um bom negócio para o Alvinegro.

De cabeça, Vitor Gabriel marcou os dois tentos da vitória rubro-negra, placar que daria a vitória ao Flamengo no tempo normal. No final do jogo, porém, o Botafogo teve o segundo pênalti assinalado a seu favor – o primeiro, na etapa inicial, Elivelton desperdiçou. Desta vez, Glauber teve uma sorte melhor e diminuiu o prejuízo, forçando a disputa por pênaltis.

...

Nas penalidades, ambos os times mostraram que treinaram bastante. Os quatro primeiros pênaltis cobrados por cada um dos times entraram. Na quinta cobrança do Botafogo, no entanto, o goleiro Victor Hugo apareceu com uma boa defesa. Wendel teve a chance de confirmar o título logo em seguida, mas o arqueiro alvinegro também mostrou personalidade e cresceu para cima do atacante do Flamengo.

Nas cobranças alternadas, um novo bom aproveitamento dos times até que Victor Hugo, novamente, deu ao Flamengo a oportunidade de levantar a taça. E desta vez, com categoria, Natan fez a maior torcida do mundo comemorar: 9 x 8.

Em toda a campanha, foram 16 jogos disputados, 14 vitórias conquistadas, um empate e apenas uma derrota. Os Garotos do Ninho marcaram 55 gols e sofreram 17.

...

Escalação na final: Victor Hugo, Vitor Ricardo, Natan, Patrick (Teo), Pablo, Henrique (Lucas Gabriel), Marx (Rhyan), Matheus Alves, Wendel, Yuri e Vitor Gabriel (Luan). Treinador: Marcio Torres.

Foto: Agência/ FFERJ 


O Mundo Rubro Negro precisa do seu apoio para não acabar, e melhorar ainda mais. Contribua mensalmente com nosso trabalho. Clique aqui: bit.ly/ApoiadorMRN