Compartilhar:

O Flamengo está de volta ao vôlei feminino nacional. Na tarde da quarta-feira (25), no Ginásio Togo “Kanela” Renan, na Gávea, o clube apresentou o elenco de 14 jogadoras que defenderão o Manto Sagrado na categoria. O objetivo é retornar ao tempos áureos do Mais Querido no vôlei, que em sua história conquistou o Tricampeonato da Superliga e Eneacampeonato Estadual, além de ter em sua galeria de ídolos nomes como Rosinha, Marlene, Virna e Leila. A equipe terá todo o segundo semestre para se preparar visando a Superliga B, que começa em janeiro de 2019.

As responsáveis por resgatar e estender a história vencedora do Flamengo no vôlei são as ponteiras Nayara Felix (capitã da equipe), Natasha Valente, Juliana Ribeiro e Thayná Soares; as opostas Angélica Caboclo e Maria Bárbara Bierman; as levantadoras Rafaela Lima, Thaís Oliveira e Laura Canedo; as centrais Juliana Mello, Nandyala Gama e Luiza Scher; e as líberos Fernanda Oliveira e Paola Cascardo. Além das atletas, a comissão técnica é formada pelo treinador Alexandre Ferrante, os assistentes técnicos Abel Martins e Alexandre Rozenberg, o estatístico Hugo Hargreaves, o preparador físico Giovani Ciprandi e os roupeiros Célia Mendonça e Adailton Lourenço. Segundo o treinador, o plantel foi plenejado usando a mescla de jogadoras jovens e experientes.

Veja os melhores momentos da cobertura em tempo real no Twitter do MRN

Uma das mais experientes do time e capitã do FlaVôlei, Nayara Félix, afirmou que o técnico e o tamanho do Mais Querido foram preponderantes na aceitação do projeto do Clube da Gávea. “Poder trabalhar com o Alexandre Dantas foi um dos fatores determinantes para eu dizer ‘sim’ para o Flamengo. E, lógico, outra coisa que pesou muito foi o próprio clube, que, além de ser imenso, tem uma história gigantesca. Meu maior objetivo é fazer esse time se classificar para a Superliga A.”, disse Nayara Félix, capitã do FlaVôlei.

O que chamou a atenção de todas as atletas foi a atual estrutura do clube: “O clube tem hoje quadras de treinamento, academias, piscinas de alto-nível e uma excelente comissão técnica para a preparação da equipe na temporada. Hoje podemos dizer com certeza que o Flamengo é uma referência.”, afirmou Alexandre Póvoa, vice-presidente de Esportes Olímpicos. “Eu vim para o Flamengo porque é um projeto que tem tudo para dar certo, é um projeto que tem uma estrutura que vi em poucos clubes que passei, além de estarmos nos apresentando bem antes do que os outros clubes de Superliga B costumam se apresentar.”, disse a líbero Fernanda, que jogou pelo Fluminense na temporada passada.

Se as atletas foram atraídas por projeto, estrutura e equipe técnica, por outro lado o técnico Alexandre Dantas mostrou-se ciente de que diante de todo esse cenário as jogadoras terão que lidar com a pressão que é vestir vermelho e preto. “Falei com as meninas: a boa notícia é que vocês estão vindo para o maior clube esportivo do Brasil, com a maior torcida do mundo. A má notícia, e a realidade, é que o Flamengo tem que ganhar. Não entramos em campeonatos para ser segundo, ou terceiro. Temos a obrigação de ganhar. Isso dá muita força para a gente. E esse grupo foi escolhido a dedo”, afirmou o treinador, que também é supervisor das seleções das categorias de base.

Ousado, desafiador e competitivo: essa é a nova cara do FlaVôlei. A camisa que já foi de Virna, Leila e Valeskinha, hoje pertence a Nayara, Angélica e Natasha. E como disse o próprio técnico rubro-negro, Alexandre Dantas, o Flamengo chegou para ganhar.

Matéria feita em parceira com Denis Teixeira

 

Imagem destacada no site e redes sociais: Denis Teixeira / MRN

Apoie o MRN e ajude o nosso projeto a melhorar cada vez mais. Com R$ 10,00 por mês você participa dos nossos grupos de discussão no Whatsapp e Telegram. Seja assinante no Picpay: picpay.me/MRN_CRF ou apoiador no Apoia.se: apoia.se/mrn. Pensa em alguma outra forma de parceria? Entre em contato pelo 21 99419-6540.

LEIA TAMBÉM

> Após exigências de Arão, Olympiacos desiste da contratação
> Fla apresenta elenco do vôlei feminino mirando retorno às conquistas nacionais
> Petkovic pede a VP de Futebol do Flamengo a contratação de um lateral
> Corrida contra o tempo: Flamengo inicia registro de Vitinho
> Bicampeonato da Copa do Brasil completa 12 anos
> Flamengo está próximo de anunciar o atacante Vitinho
> Fla busca novo patrocinador para a Arena Multiuso na Gávea
> Embaixada levará torcedores com deficiência para assistirem jogo do Flamengo
> Flamengo divulga parciais de vendas para os jogos contra Cruzeiro e Grêmio

Compartilhar: