Compartilhar:

Vestindo a camisa 9, o atleta foi peça importante na classificação para a semifinal da Taça Guanabara

Bruno Vicente

Após chamar a atenção do técnico Abel Braga e compor o elenco profissional durante a Flórida Cup, o Campeonato Carioca e a primeira fase da Copa Libertadores, o centroavante Vitor Gabriel retornou ao Sub-20 do Flamengo em grande estilo. Vestindo a camisa 9, o atleta voltou ao time de base já como titular no comando de ataque e foi peça importante na classificação para a semifinal da Taça Guanabara da categoria.

O avanço para a próxima fase veio em um empate por 1×1 com o Volta Redonda, em partida disputada nesta sexta-feira (17), na Gávea. Agora, o Rubro-negro aguarda do vencedor do confronto entre Botafogo x Nova Iguaçu, que duelam na manhã deste sábado, no Centro de Formação de Atletas TROPS (Cefat).

O gol da classificação do Flamengo foi marcado justamente por Vitor Gabriel, logo aos seis minutos do primeiro tempo. Na oportunidade, o camisa 9 aproveitou a cobrança de escanteio, gerado por um chute travado de Marx Lenin, ganhou a disputa com a defesa do time do Sul Fluminense e balançou as redes.

Ainda na etapa inicial, o atacante teve outra chance, em novo escanteio, mas desta vez a bola passou por cima do travessão. “Feliz em poder voltar a atuar pelo Sub-20, marcar mais um gol e ajudar a equipe a se classificar para a semifinal”, disse o Garoto do Ninho.

Passagem pelo profissional

Vitor Gabriel retorna para compor a categoria de base do Mengo, depois de uma breve passagem pela equipe principal nos primeiros meses de 2019. Após jogar neste ano a primeira partida pela Copa São Paulo, na vitória por 4×0 sobre o River-PI, o jovem foi convocado por Abel Braga para iniciar a temporada com o time profissional, no torneio da Flórida.

Durante esse período, o centroavante enfrentou a concorrência de Henrique Dourado (negociado), Uribe e Gabigol, contratado como a grande esperança de gols para o Fla. Sob o comando de Abel Braga, chegou a disputar algumas partidas, tanto como titular quanto entrando no decorrer do jogo. Porém, jogando a maioria das vezes fora de sua posição de origem, Vitor não marcou nenhum gol e não conseguiu engrenar.

Na sequência, teve ainda que disputar espaço com Lincoln que, servia a Seleção Brasileira no Sul-Americano Sub-20, no Chile e, posteriormente, sofreu uma lesão na coxa. Recuperado, Lincoln passou ganhar mais oportunidade com Abelão. No embate da última rodada do Brasileirão, contra a Chapecoense, foi, inclusive, o autor de um dos gols do Flamengo.

Chegada ao Fla

Vitor Gabriel passou a vestir o Manto Sagrado depois de marcar dois gols sobre o próprio Flamengo, na semifinal do Campeonato Carioca Sub-15 de 2015. Na competição completa, ele balançou as redes em 11 oportunidades, duas a menos que o Lincoln. Já pelo Fla, Vitor fez uma excelente Copa São Paulo em 2018, sendo o artilheiro da equipe, com quatro gols, e eleito o craque do torneio.

Créditos da imagem destacada: Marcelo Cortes / Flamengo

Compartilhar: