Compartilhar:

O triunfo acontece pouco mais de um ano após a conquista do título do Dubai International Championship, também superando os madridistas

Da Redação

A equipe sub-16 do Flamengo venceu na manhã desta sexta-feira (07) o Real Madrid, pela Puskás-Suzuki Kupa, disputada na Hungria. O único gol, que deu a vitória sobre os espanhóis na estreia do tornei, foi marcado pelo atacante Wiverson. O triunfo acontece pouco mais de um ano após os Garotos do Ninho terem conquistado o título do Dubai International Championship, também superando os madridistas.

Com os três primeiros pontos garantidos na competição internacional, o Mais Querido volta a campo já neste sábado (08), quando enfrenta os húngaros do Budapest Honved, às 11h15 (horário de Brasília).

O jogo

O Flamengo foi superior desde o apito inicial e criou sua primeira chance logo aos cinco minutos, em boa jogada individual de Wiverson, que passou por três marcadores e bateu rasteiro para boa defesa do goleiro Lisardo Sanchez.

A pressão imposta ao longo de todo o primeiro tempo deu resultado para o Mais Querido aos 29 minutos. Daniel Campos deu bela cavadinha por cima da zaga e encontrou Wiverson bem posicionado dentro da área. O artilheiro rubro-negro na temporada tentou duas vezes, até colocar a bola no fundo das redes e abrir o placar para os Garotos do Ninho antes do intervalo.

Na segunda etapa, o Mais Querido por muito pouco não ampliou o marcador logo no início. Aos dois minutos, Ryan Luka tabelou com Daniel Campos e bateu de biquinho para mais uma defesa de Lisardo Sanchez. No minuto seguinte, Wiverson rolou para João Pedro, que teve o chute bloqueado pela zaga.

Aos 12 minutos, João Pedro lançou Wiverson, que errou a passada e perdeu boa oportunidade para fazer o segundo. Mas não fez falta. Controlando totalmente as ações ao longo de toda a partida, o Flamengo não foi pressionado, administrou muito bem a vantagem e derrotou mais uma vez o Real Madrid. 

Flamengo: Bernardo, Micael, Diego, Kaiky, Richard; Leonardo, Arthur Lessa, Daniel Campos; Wiverson, João Pedro e Ryan Luka. Treinador: Ramon Lima. 

Veja abaixo os melhores momentos do clássico mundial:

Compartilhar: