Compartilhar:

Os Garotos do Ninho foram derrotados nesta terça-feira (27), nos pênaltis, pela equipe do Nova Iguaçu

Da Redação

A equipe Sub-16 do Flamengo, comandada pelo treinador Ramon Lima, enfrentou o Nova Iguaçu fora de casa na manhã desta terça-feira (27), em duelo único válido pela semifinal do turno do Torneio Guilherme Embry, o estadual da categoria. Após empate por 0 a 0 no tempo regulamentar em partida muito equilibrada, os Garotos do Ninho foram derrotados nas cobranças de penalidades máximas por 5 a 3, e ficaram fora da final. O Mais Querido foca agora na preparação para o returno. Se for campeão, o Rubro-Negro estará na final da competição, e lutará pelo tricampeonato seguido.

O jogo começou equilibrado e com intensa disputa pela bola na zona central do campo. A primeira boa chance de gol do rubro-negro aconteceu aos 15 minutos, em cabeçada de Diego para fora, após cobrança de escanteio na área. O Nova Iguaçu respondeu aos 20 minutos, em cabeçada perigosa de Matheus. A bola saiu à direita da baliza de Hugo Moraes. Aos 28 minutos, João Pedro cobrou falta da intermediária, e o goleiro Kayky fez a defesa sem dar rebote.

Os Garotos do Ninho lutavam muito e tentavam abrir o marcador ainda no primeiro tempo. Aos 35 minutos, após sobra dentro da área, João Pedro deu bonito voleio, e a bola levou perigo à equipe da Baixada Fluminense, passando bem próxima da trave esquerda. 

Não deixe de ler também

O equilíbrio permaneceu na segunda etapa. A partida era muito disputada, e as chances de gol eram raras. Aos 17 minutos, João Pedro tentou cruzar na área, a bola pegou um efeito inesperado e explodiu no travessão do arqueiro Kayky. Aos 20, Ryan Luka ganhou da marcação e rolou para Will. Ele surpreendeu a zaga adversária com um toque inteligente de calcanhar para João Pedro, que bateu de primeira. A bola saiu tirando tinta do travessão. O Flamengo passava a atacar mais e se aproximava do primeiro gol. 

As duas últimas oportunidades do jogo foram da equipe da casa. Aos 40 minutos, Kayke David bateu rasteiro da entrada da área, e Hugo Moraes fez boa defesa, com segurança. Aos 43, Allan bateu por cima da baliza rubro-negra. A vaga na final do turno foi decidida nas cobranças de penalidades máximas. 

Diferente de outras vezes na atual temporada, os Garotos do Ninho não tiveram sorte na disputa, e saíram derrotados por 5×3. Agora, a equipe foca na preparação para o returno da competição, e estará na final do Torneio Guilherme Embry em caso de título do segundo turno. 

Flamengo: Hugo Moraes, Leonardo, Diego, Kaiky, Richard; Daniel Alves (Dudu), Felipe (Werton), Arthur Lessa (Pedro Henrique); Will, João Pedro e Ryan Luka. Treinador: Ramon Lima.

Sub-12 campeão na quadra

Na última sexta-feira (23), a equipe sub-12 conquistou o 16ª título das categorias de base do Flamengo, somente neste ano. Ao derrotar o rival Fluminense, por 5 a 3, o Mais Querido tornou-se campeão, invicto, do Carioca de Futsal. Um dos destaques na conquista foi o lateral esquerdo, Gabriel Matthew Mendonça, de 12 anos.

“Sempre é muito bom vencer um título pelo Flamengo e este não foi diferente. Ainda mais quando vencemos um rival. Foi um jogo muito difícil, mas esse troféu só coroa o trabalho do nosso grupo, que é muito forte. O salão é um jogo mais rápido por conta do curto espaço, temos que estar correndo o tempo todo mas também existe uma rotatividade maior”, avaliou o jovem, que é americano e filho de brasileiros.

Crédito da imagem destacada: Marcos Faria

O MRN depende do apoio de leitores como você para continuar fazendo uma cobertura criativa, propositiva e ética do Clube de Regatas do Flamengo. ➡ Junte-se a nós

Compartilhar: