Compartilhar:

Raphael Costa, da equipe MRN Informação

O Flamengo eSports na semana 3 do CBLOL teve duas partidas bem difíceis, mas nas duas ficou claro a falta que o suporte Chang “Luci” Han está fazendo para a equipe. A equipe teve uma vitória e uma derrota, chegando no recorde de quatro vitórias e duas derrotas, e ocupa a segunda posição do torneio graças aos critérios de desempate.

No sábado, uma surpresa aguardava a torcida e a KaBuM: Visando melhorar a comunicação da equipe, Felipe “brTT” Gonçalves assumiu a posição de suporte, enquanto Sang “Reven” Sung assumiu a responsabilidade de ser o atirador da equipe. A dupla funcionou nos treinos, mas no palco dos estúdios da Riot Games a sinergia não se repetiu.

Logo no começo da partida, um 2v2 foi totalmente favorável aos ninjas e ditou os rumos da partida: graças aos dois abates na mão da Xayah adversária, a campeã se tornou o centro da composição, acabando com todas as lutas em equipes e construindo uma bela vantagem para a KaBuM, que encerrou a partida de forma categórica após um Ace próximo ao Barão.

No domingo, brTT voltou a sua posição tradicional e Reven assumiu novamente a role de suporte. Mas muito por falta do grande inciador que é Luci, as atenções e a vitória do Flamengo foram construídas através de outra rota: o topo. O caçador Byeonghoon “Shrimp” Lee encontrou de novo o ritmo alucinante pelo qual ficou conhecido, e ajudou Leonardo “Robo” Souza a abrir o placar de eliminações para os Urubus com um gank na rota superior. Depois disso, essa cena se repetiu diversas vezes: investidas de Shrimp + Robo por todo o mapa ajudando o Pyke escolhido pelo top laner rubro negro a crescer e ser o centro das lutas em equipe, conseguindo realizar abates triplos em duas delas.

Controlando muito bem os bônus elementais elementais e o mapa, a partida foi bem encaminhada pelo time rubro-negro, resultando na quarta vitória na competição.

Na coletiva de imprensa após a partida, Reven destacou a falta que Luci está fazendo nas iniciações, pois ele é um dos principais shotcallers da equipe. Falando sobre o jogo de ontem, Robo destacou que a performance foi inadmissível, e que logo após a derrota o time conversou e decidiu jogar mais agressivamente a segunda partida da semana.

O FlaEsports retorna ao Rift no sábado (22/06) para enfrentar a Team One e no domingo (23/06) encara a Pain Gaming. As partidas terão transmissão nos canais oficiais da Riot Games e cobertura em tempo real no twitter do MRN

O MRN depende do apoio de leitores como você para continuar fazendo uma cobertura criativa, propositiva e ética do Clube de Regatas do Flamengo. ➡ Junte-se a nós

Não deixe de ler também

Compartilhar: