Compartilhar:

De acordo com o Tribunal Federal da Suíça, o atacante Paolo Guerrero está liberado para jogar pelo Flamengo. A entidade afirma que o recurso imposto pelo jogador contra sua suspensão por doping ainda é válido, segundo informação divulgada pela agência da notícias AFP e repassada em primeira-mão pelo globoesporte.com.

— O efeito suspensivo acordado pelo Tribunal Federal em 30 de maio de 2018 é atualmente válido. Esta é válida enquanto o Tribunal Federal não autorizar outras medidas, ou até que se dite uma decisão final — respondeu um porta-voz do Tribunal Federal à AFP.

Entretanto, segundo o jornalista Raphael Zarko, o Flamengo segue aguradando um comunicado da CBF.

O jogador está treinando há duas semanas com o restante do elenco no Ninho do Urubu. Na próxima quarta-feira, o Flamengo terá seu primeiro confronto após a volta do Brasileirão contra o São Paulo, atual vice-líder.

Relembre o caso

Em outubro do ano passado, após a partida contra a Argentina, válida pelas eliminatórias da Copa, Guerrero testou positivo para benzoilecgonina, sustância que aparece no chá de coca. Em dezembro, Guerrero conseguiu a redução da pena junto à Fifa para seis meses – o que permitiu ao peruano voltar a vestir a camisa do Flamengo em maio deste ano e liberaria o jogador para disputar a Copa.

Entretanto, após fazer apenas duas partidas pelo Fla, uma decisão do TAS, em maio, ampliou a pena para 14 meses, forçando Guerrero a estar fora dos gramados até janeiro de 2019. O peruano ingressou com uma ação no Tribunal Federal Suíço para derrubar a decisão.No dia 31 de maio, o SFT divulgou uma medida cautelar suspendendo a decisão da Corte Arbitral do Esporte (CAS). Com esta decisão, o peruano pôde disputar a Copa do Mundo por sua seleção.

O impasse acerca da punição do atacante ganhou um novo capítulo nos últimos dias, o Flamengo entrou em contato com a CBF buscando saber se o efeito suspensivo conseguido pelo peruano para jogar a Copa do Mundo também o liberava para atuar no futebol brasileiro. Entretanto, a entidade máxima do futebol no país não soube esclarecer a dúvida. Para evitar eventuais punições, o departamento jurídico do Flamengo entrou em contrato com o STJD na busca de um “ok” para escalar o atleta.

O contrato do atacante com o Flamengo vai até agosto e, embora os dirigente do Rubro-Negro já tenham manifestado o interesse de prorrogar o vínculo, ainda não há acordo.


Imagem destacada nos posts e nas redes sociais: Gilvan de Souza / Flamengo

Quer ser apoiador do Mundo Rubro Negro? CLIQUE AQUI

LEIA TAMBÉM

> Bem-vindos, todos… de volta ao Flamengo
> Gavya, dezembro de 2048
> Futebol Masculino: veja as datas importantes para o Flamengo ainda neste mês de julho
> Em amistoso, Felipe Vizeu marca seu primeiro gol pela Udinese
> Consórcio nega que o Maracanã ficará fechado por até seis meses
> Flamengo divulga parcial de vendas para o jogo contra o São Paulo
> Corrida contra o tempo: saiba até quando o Fla pode inscrever reforços nas competições em que está
> Com seis estrangeiros no elenco, saiba quais são as regras para usá-los
> Cruzeiro faz acordo com o Flamengo por dívida de Mancuello
> Com data de apresentação marcada, Vinicius Junior viaja para Madrid
> Quanto o Flamengo pode gastar nesta janela de transferências?
> Decepções, revelações e acertos do primeiro semestre

Compartilhar: