Compartilhar:

O Flamengo divulgou na última segunda-feira (1º) a lista dos atletas inscritos na Copa São Paulo de Futebol Júnior. Entre os relacionados pelo técnico Mauricio Souza estão jogadores experientes na competição, como os meias Pepê e Patrick Valverde, além do lateral-esquerdo Michael, que seguem para a terceira Copinha de suas carreiras. Entretanto o grupo também dispõe de sete atletas que disputarão o torneio pela primeira vez. Esse é o caso dos recém-promovidos Victor Hugo, Ramon, Patrick, Matheus Alves, Yuri, Wendel e Vitor Gabriel, que  se destacaram na última temporada atuando pela equipe juvenil.

No total foram 15 mudanças em relação ao grupo que disputou o torneio na última temporada. Dos dez remanescentes, apenas quatro iniciaram a competição entre os titulares (Michael, Theo, Patrick Valverde e Lucas Silva). Algumas das mudanças foram obrigatórias devido à subida de jogadores ao time profissional (Gabriel Batista, Vinicius Junior, Lincoln, Jean Lucas e Klebinho). Todos eles teriam condições de disputarem a Copinha neste ano.

O setor com mais alterações foi o ataque, sofrendo cinco mexidas. Lucas Silva, que disputou cinco das sete partidas do Fla ano passado, sendo titular em três oportunidades, é o único que permaneceu.  O atacante Gustavo, que chegou a ser relacionado, foi cortado de última hora para a entrada do lateral Pablo. Assim, o Flamengo irá com um atacante a menos em relação a 2017.

Já a “volância” teve apenas uma baixa: Matheus Alves herdou a vaga de Jean Lucas. Nesta temporada o Mais Querido relacionou um meio-campista a mais: Yuri e Luis Henrique se juntarão a Patrick Valverde e Pepê.

O zagueiro Bernardo ganhou a companhia de Matheus Dantas, Aderlan e Patrick. Nas laterais, Wesley e Michael terão a concorrência de Ramon e Pablo. Na meta rubro-negra, Hugo Souza e Yago, reservas no ano passado, dividirão espaço com Pedro Caracoci e Victor Hugo.

Com a inserção dos atletas destaques do time sub-17, o desafio do técnico Mauricio Souza será equilibrar o elenco e manter a organização da equipe. O primeiro teste foi a Copa RS Internacional, disputada em dezembro, onde o time teve uma péssima campanha, sendo eliminado na primeira fase com quatro derrotas em quatro jogos.

O Rubro-Negro está no Grupo 21, com sede em Barueri, ao lado do anfitrião Oeste (SP), Aimoré (RS) e do Ji-Paraná (RO), adversário de estreia, na próxima quarta-feira (3), às 21h30 (de Brasília).

Confira o Raio-X do Mundo Rubro Negro sobre os atletas que vão representar o Flamengo na busca pelo tetracampeonato

Hugo Souza (goleiro, 18 anos) – Apontado como o melhor goleiro revelado pelo clube nos últimos anos, ‘Neneca’ coleciona elogios por onde passa. Fecha o gol não somente pelo seu 1,99m, mas por sua agilidade e qualidade na saída da meta. Respeitado entre os atacantes, é um grande pegador de pênaltis. Candidato a craque.

(Foto: Gilvan de Souza / Flamengo)

Completam a lista de goleiros Yago Darub, reserva e com poucas oportunidades no Sub-20, Victor Hugo, titular absoluto da equipe juvenil, e Pedro Caracoci, reserva de Victor.

Zagueiros

Bernardo (zagueiro, 19 anos) – Com a contusão de Rafael Santos e Dener, se transformou no principal nome da zaga na temporada passada. Bom tecnicamente, mas leva desvantagem em jogadas aéreas devido à sua baixa estatura.

Patrick Souza (zagueiro, 17 anos) – Integrante da “Geração 2000” foi um dos destaques do time juvenil. Zagueiro com boa antecipação e chegada na frente com qualidade. Marcou cinco gols na Copa do Brasil Sub-17, competição na qual o Flamengo caiu nas semifinais, e outros cinco no Campeonato Carioca. É seguro, forte fisicamente e entra firme nas divididas.

Matheus Dantas (zagueiro, 19 anos) – Não dispõe de grandes recursos técnicos, mas costuma não comprometer. Faz o básico “feijão com arroz”.

Aderlan (zagueiro, 18 anos) – Contratado no meio da temporada, jogou pelo alternativo time sub-19 em torneios internacionais. No juniores foi lançado no Torneio OPG e Copa RS, onde também atuou como lateral-direito, mas não deixou boa impressão.

Laterais

Michael (lateral-esquerdo, 18 anos) – Um dos jogadores mais regulares do time. Veloz, aparece bem no apoio e marca como poucos. Na temporada passada conviveu com algumas lesões musculares. Uma delas, na segunda rodada da Copinha, o tirou do restante da competição.

Michael vai para sua terceira Copinha (Foto: Staff Images/ Flamengo)

Wesley (lateral-direito, 17 anos) – Terá a missão de substituir Klebinho, agora no profissional. Lateral que atua nos dois lados do campo, teve uma temporada de destaque na Seleção Brasileira Sub-17, sendo um dos principais jogadores na conquista do Sul-Americano e da medalha de bronze no Mundial da categoria.

Pablo (lateral-esquerdo, 17 anos) – Já treinou entre os profissionais e foi relacionado por Rueda para o jogo contra Paraná, pela Primeira Liga. Tem a marcação e frieza como principais virtudes.

Ramon (lateral-esquerdo, 16 anos) – Caçula do time, porém a idade não é compatível com o potencial. Jogou como gente grande na decisão do Carioca Sub-17 e vem pedindo passagem. Suas características são parecidas com as de Michael, seu concorrente: boa técnica, velocidade e disciplina tática.

Volantes

Hugo Moura (volante, 19 anos) – Tem como principal virtude a marcação. Embora arrisque pouco, tem um potente chute de longa distância. É um dos líderes do grupo.

Vinícius Souza (volante, 18 anos) –  Precisa ser mais dinâmico em campo. Talvez pela elevada altura, torna-se lento. Mas tem boa saída de bola e contribui na construção de jogadas.

Matheus Alves (volante, 17 anos) – Jogador com excelente visão no meio-campo, rouba a bola e consegue sair jogando. Tem um técnica refinada e é uma das boas promessas do elenco.

Matheus Alves tem como característica passes de qualidade (Foto: Gilvan de Souza / Flamengo)

Theo (volante, 19 anos) – Deixa a desejar na marcação individual e peca pelo excesso de força em algumas jogadas, mas compensa com o bom passe. Sem muito brilho, é apenas regular.

Meias

Patrick Valverde (meia, 19 anos) –  Autor do gol de pênalti que deu o título ao Flamengo em 2016, teve uma temporada para esquecer no ano seguinte. Além da participação ruim na Copinha, onde perdeu dois pênaltis, amargou a reserva em todas as outras competições do ano. Jogador visto com muito potencial, mas ainda não explodiu no sub-20. Esta será sua última oportunidade.

Patrick não teve uma boa temporada em 2017 (Foto: Staff Images/ Flamengo)

 Pepê (meia, 19 anos) – Em sua terceira e última Copinha pelo Fla, terá a oportunidade de mostrar a que veio. Jogador com bom passe, mas atrasa o time com sua pouca agilidade. Bate bem de fora da área.

Luis Henrique (meia, 19 anos) – Assim como os demais jogadores que vestiram a camisa 10 durante a temporada 2017, Luiz Henrique pouco rendeu como articulador de jogadas do time. No entanto, mostrou-se mais dinâmico que os outros.

Yuri César (meia, 17 anos) – Jogador habilidoso, com ótimo passe. Dribles curtos, boa chegada na área e finalizações difíceis são algumas de suas características. No último Campeonato Carioca Sub-17, do qual o Flamengo se sagrou bicampeão, dividiu a artilharia da competição com Vitor Gabriel, anotando 15 gols.

Yuri – Muita ousadia e disposição (Foto: Divulgação/ Flamengo)

Atacantes

Lucas Silva (atacante, 19 anos) – Tem boa arrancada, disposição, mas peca na definição das jogadas, seja para finalizar ou servir alguém do time. Depois de um 2016 movimentado, sendo artilheiro do da equipe, acabou sendo ofuscado por Vinicius Junior e Lincoln na temporada passada.

Bill (atacante, 18 anos) – Formou trio de sucesso com Vinicius Junior e Lincoln, mas sem os companheiros não repetiu o mesmo sucesso na base. Jogador veloz, driblador, que normalmente entra durante as partidas quando o time adversário apresenta cansaço.

Wendel (atacante, 17 anos) – É o que melhor cumpre a função de segundo atacante no time. Teve uma temporada de destaque na equipe juvenil, onde marcou 10 gols no Carioca. Válvula de escape pelo lado direito e serve os centroavantes com boas assistências.

Vitor Gabriel (atacante, 17 anos) – Centroavante com mobilidade, explosão física e faro de gol. Destaque da equipe juvenil na última temporada, sendo o artilheiro do Carioca ao lado de Yuri César, com 15 gols.

Vitor Gabriel – atacante com faro de gol (Foto: Gilvan de Souza / Flamengo)

Samuel (atacante, 18 anos) – Revelado pelo São Bernardo (SP), o meia-atacante habilidoso se destacou na última Copinha e foi contratado por empréstimo pelo Flamengo. Lançado no OPG e Copa RS, o jogador teve atuação discreta.

Crédito da imagem destacada: Staff Images/ Flamengo

Compartilhar: