Compartilhar:

2017.3

Garotada à parte, parece que estamos no terceiro semestre de 2017. Que preguiça.
 

No CNPJ tudo, no CPF nada

A Libertadores sempre funcionou na base da Lei de Gil. Valia quase tudo. Cachorro, pedrada em ônibus, cabaninha para bater escanteio, invasão de campo, cenas lamentáveis™ pós jogo, gás de pimenta, sinalizador náutico e por aí vai. Mas agora não, agora a coisa é séria. O Flamengo, vítima de vagabundos e de um estado falido que não oferece segurança, pagará o pato. Será que não dá para identificar nenhum dos invasores?
 

Ipatinga 2.0

Com uma ou outra exceção, não faz muito sentido que jogadores no último ano de sub20 continuem jogando competições da categoria. Com o fortalecimento da base (CT, Double Pass, etc) talvez fosse o momento do clube começar a pensar em uma parceria com algum clube que jogue uma série A estadual forte e B ou C nacional (São Bento-SP, Tupi-MG, por exemplo) para mandar para lá comissão técnica e mais uma dúzia (pelo menos) de jogadores sub23 sem espaço no Flamengo.
 

No blog: Peraltadas #30 – Ninguém será identificado?

 

Pablo da casa

Léo Duarte subiu em 2016 e desde então ficou no mesmo cativeiro do Ronaldo. Agora, com três jogos em sequência, demonstra que talvez seja o zagueiro que o clube procura. Talvez! Há que ser ainda mais testado. É para isso que o Ferjão serve.
 

Ferjão é para ser usado, não disputado

O péssimo jogo de sábado deu a impressão de que alguns jogadores voltaram antes da hora apenas porque o jogo era contra o Vasco. Pará, por exemplo, foi o atleta que mais acumulou minutos em 2017 e apenas 14 dias após a reapresentação já estava em campo. Como o planejamento é capitaneado por Rodrigo Caetano…
 

O retorno

Óbvio ululante que goleiro não é prioridade, mas se Júlio César vem mesmo com salários simbólicos, não vejo problema. Criado no clube e extremamente bem sucedido na Europa, pode ser exemplo para os mais jovens. Até onde se sabe, exerce liderança positiva no vestiário e parece estar consciente de seu atual momento. Não o imagino fazendo birra ou atrapalhando o ambiente do clube, pelo contrário. No mais, foi o maior goleiro que este que vos escreve viu com a camisa do Flamengo. Saiu quase sem títulos, mas foi fundamental para evitar o pior em 2001, 02 e 04.
 

Imagem destacada no post e redes sociais: Staff Images / Flamengo
 


José Peralta não é apenas mais um rostinho bonito cornetando o time. Toda segunda-feira suas peraltadas estão aqui no Blog CRFlamenguismo.


 

:: ÚLTIMAS DO MUNDO RUBRO NEGRO::

[Especial Copinha] Flamengo 1 x 0 São Paulo: Um tetra da competência defensiva e ofensiva, eficiência e sorte

Considerações sobre o DCF

Com time alternativo, Flamengo supera Bonsucesso na estreia do Carioca Sub-20

Sem inspiração, Flamengo apenas empata com Vasco no Maracanã

FlaBasquete segue imbatível no NBB

A garotada 100% na Rubens League

Uma história de clássico, de baile e de casa cheia

 


Seja APOIADOR do Mundo Rubro Negro. Sua contribuição é toda destinada à equipe MRN Informação de jornalismo. ?

:: NOVA CAMPANHA ::

OBJETIVO: R$ 3.000 PARA O ALUGUEL DA NOSSA REDAÇÃO*
ATUAL: R$ 711

? R$ 5/mês
– Nome no quadro de agradecimentos fixado na página principal do site.
? R$ 10/mês
– Nome no quadro de agradecimentos fixado na página principal do site;
– Participação no grupo exclusivo de Whatsapp do MRN, que conta com a presença de outros apoiadores, nossos blogueiros e colaboradores.
? R$ 20/mês
– Nome no quadro de agradecimentos fixado na página principal do site;
– Participação no grupo exclusivo de Whatsapp do MRN, que conta com a presença de outros apoiadores, nossos blogueiros e colaboradores;
– Publicar textos no blog Cultura Rubro-Negra.
? R$ 50/mês
– Nome no quadro de agradecimentos fixado na página principal do site;
– Participação no grupo exclusivo de Whatsapp do MRN, que conta com a presença de outros apoiadores, nossos blogueiros e colaboradores;
– Publicar textos em um blog exclusivo, concebido pelo próprio apoiador;
– Participar de reuniões pautas online e offline com a equipe MRN Informação.
? R$ 200/mês*
– O apoiador pode anunciar sua empresa, produto ou serviço. Antes de aderir a esta modalidade de apoio, entre em contato com o nosso marketing. *À combinar

Acesse apoia.se/mrn ou entre contato diretamente pelo nosso email ([email protected]) ou Whatsapp: 21 99419-6540.

Compartilhar: