Compartilhar:

De Diego Alves a Jorge Jesus: veja as análises e notas de quem atuou na vitória do Flamengo contra a Chapecoense pelo Brasileirão

Em Chapecó, pela 23ª rodada do Brasileirão, o Flamengo venceu a lanterna Chapecoense e se manteve na liderança do Campeonato Brasileiro, agora com 53 pontos e estabelecendo um novo recorde na era dos pontos corridos.

O tento que mexeu no placar foi marcado por Bruno Henrique, de cabeça, aos 35 minutos do primeiro tempo. Confira as notas das atuações dos jogadores e do técnico do Flamengo após a vitória diante da Chapecoense.


Diego Alves: Partida tranquila. Não foi muito acionado pelo adversário, atuou mais como um goleiro linha, errando algumas saídas de bola longa. Nota: 9,0.

Por Verônica Coutinho – Twitter: @Vevecoutinho

Rafinha: Mostrou aos jovens torcedores o que é um lateral-direito: cruzamentos afiados, infiltrações corretas, percepção tática fora do comum. No jogo, foi pouco acionado para evitar possíveis contra-ataques e pela dificuldade de Reinier em se encaixar na marcação proposta pelo Mister. Saída de bola eficiente e sempre atento pra fechar a zaga ou trocar de posição com um volante na marcação. Passes precisos e cruzamentos com a mão, fez mais um bom jogo e extremamente regular. Nota: 7,5.

Por Willian Sian Herzog – Twitter: @willian_sian

Rodrigo Caio: Muito seguro na marcação. Ganhou todas as disputas mano a mano e foi também uma boa opção de bolas aéreas na área do adversário. Quase fez um gol em uma das oportunidades. Excelente partida. Nota 8,0.

Por Caroline Menezes – Twitter: @kaka_menezes07

Pablo Marí: Mais uma partida segura do central rubro-negro. Bem posicionado e com senso de antecipação quase perfeito. Foi sempre preciso nos passes longos e ainda finalizou duas vezes no gol do Tiepo. Nota: 7,0.

Por Sérgio Ribeiro Twitter: @sergioribeiro04

Renê: Fez um jogo correto. Apresentou-se no ataque dando opção de jogo e mostrou a disposição de sempre na defesa. Nota: 6,0.

Por Miguel Peters – Twitter @miguelpeters

Arão: Mais um excelente partida do agora primeiro volante. É o jogador que mais desarma no time. Dá muito dinâmica no meio-campo com Gérson; os dois com índices altíssimos de passes. Impressionante a evolução desse jogador desde a chegada do Jorge Jesus. Nota: 7,0.

Por Sérgio Ribeiro Twitter: @sergioribeiro04

Gerson: Não fez uma partida brilhante mas como sempre foi fundamental. Incansável na marcação e fundamental no início das jogadas de ataque. Hoje ficou mais pelo lado esquerdo devido ao desfalque de Filipe Luís para poder ajudar Renê na triangulação. Nota: 7,0.

Por Marcio Marcondes – Twitter: @mjmarcondes

Éverton Ribeiro: Seus dribles de futsal encantam quem gosta de se deliciar com o futebol arte. No jogo, fez uma boa partida, sempre escondendo bem a bola e distribuindo o jogo, formou uma bela dupla com reinier, não foi brilhante, em alguns momentos pareceu desatento no último passe. Nota: 7,0.

Por Willian Sian Herzog – Twitter: @willian_sian

Reinier: Vem mostrando mais maturidade cada vez que entra em campo. Teve uma boa chance de gol no primeiro tempo e deu sinais de sua criatividade e qualidade com bons passes. Nota: 7,5.

Entrou Berrío: Não conseguiu manter o nível do garoto. No pouco tempo que ficou em campo correu, brigou mas acabou saindo lesionado. Nota: 5,5.

Entrou Lucas Silva: Foi para o jogo nos acréscimos e não participou do jogo. Sem nota.

Por Miguel Peters – Twitter: @miguelpeters

Vitinho: Fez um bom primeiro tempo. Participou das jogadas ofensivas da equipe. Na segunda etapa caiu muito, junto com toda a equipe, e acabou sendo substituído pelo Piris. Por estar sem ritmo e ter dado a assistência para o gol da partida, merece destaque. Nota: 7,5.

Entrou Piris da Motta: Entrou no segundo tempo quando a equipe adversária tentava atacar mais. Fez o seu básico, o que não é o bastante para o estilo de jogo do time. Nota: 5,5.

Por Rafael Albuquerque – Twitter: @O_RafaelAlbuque

Bruno Henrique: Sem Gabigol, aumenta sua responsabilidade para ser o goleador da equipe. E não decepcionou a torcida. Além do oportunismo no gol de cabeça, se movimentou, brigou e sempre esteve ligado no jogo! Nota: 8,0.

Por Ricardo Bitencourt – Instagram: @drbitenco

Jorge Jesus: Hoje não foi tão bem nas mudanças do time. Cabe salientar que teve desfalques importantes. O maior erro do treinador na partida foi sacar Reinier por fazer algumas firulas. Nota 6,0.

Por Sérgio Ribeiro Twitter: @sergioribeiro04


Observação: As notas são feitas por muitos membros da nossa comunidade Pensar Flamengo e seguem um critério próprio de cada avaliador.

Escolha como participar da comunidade Pensar Flamengo: Whatsapp, Facebook ou Telegram.

Não deixe de ler também

O MRN depende do apoio de leitores como você para continuar fazendo uma cobertura criativa, propositiva e ética do Clube de Regatas do Flamengo. ➡ Junte-se a nós

Compartilhar: