Select Page

Na súmula de Palmeiras x Flamengo, árbitro erra o tempo de jogo do momento da paralisação da partida

Na súmula de Palmeiras x Flamengo, árbitro erra o tempo de jogo do momento da paralisação da partida

O empate entre Flamengo x Palmeiras (1 a 1), em jogo válido pela décima segunda rodada do Campeonato Brasileiro, ficou marcado pela confusão dentro de campo e pelas trapalhadas do árbitro Bráulio da Silva Machado, de Santa Catarina. O juiz, que já estava distribuindo cartões amarelos de forma confusa, começou a perder o controle da partida no meio do segundo tempo, quando não expulsou o volante Felipe Melo, após entrada forte em Vinicius Junior.

No final do jogo, mais uma confusão: aos 46 minutos, Dudu, do Palmeiras, revoltou-se ao sofrer uma falta de Cuéllar e partiu para cima do colombiano. Com a chegada dos outros atletas, o tumulto se instalou no gramado. Após muito empurra-empurra, o saldo foi de seis expulsos: Jailson, Dudu e o reserva Luan, pelo Palmeiras; Cuéllar, Jonas e Henrique Dourado, pelo Flamengo.

Neste momento, Bráulio se atrapalhou, mais uma vez. Antes da confusão, o árbitro havia dado cinco minutos de acréscimos. Sendo assim, haviam mais quatro minutos de jogo para serem cumpridos – onde o Flamengo poderia virar a partida, já que o Palmeiras estava com um atleta de linha no gol (Moisés). Porém, um minuto após retomar o jogo, o juiz finalizou o duelo.

Na súmula da partida, o árbitro voltou a errar. No documento oficial, ele afirma que a confusão começou aos 49 do segundo tempo, o que justificaria o curto tempo de jogo após a partida ser retomada. Entretanto, na imagem do Premiere FC é possível ver que a afirmação dele é equivocada.

Observações do árbitro sobre a confusão

 

About The Author

ANÚNCIO

APOIADORES

ANÚNCIO

Siga-nos no Twitter

NOTÍCIAS DO FLAMENGO