Compartilhar:

Matheus Leal, da equipe MRN Informação

O Flamengo de Jorge Jesus quebrou mais um longo tabu neste domingo (17). O rubro-negro visitou o Grêmio, na Arena, e conquistou a vitória após 15 anos sem saber o que era vencer o tricolor gaúcho no Sul. Gabigol, de pênalti, fez o único gol da partida.

Acesse agora useartillero.com e concorra a uma camisa irada na promoção de lançamento do site!

Após a partida, Jorge Jesus concedeu entrevista coletiva e pela primeira vez desabafou sobre os comentários dos treinadores brasileiros sobre seu trabalho no Flamengo. Para o português, os técnicos do Brasil precisam aprender o que é globalização.

“Eu sou treinador como eles, vim trabalhar, não vim ensinar e nem tirar lugar de ninguém. Não sou melhor e nem pior que nenhum treinador brasileiro… Não tô aqui para denegrir ou tirar valor dos brasileiros. Eu espero que olhem pra mim como um colega de profissão independente de ser português, argentino ou brasileiro. Essas coisas não me incomodam. Quero que eles (treinadores brasileiros) cresçam. Precisam saber o que é globalização. Que de uma vez por todas tirem os fantasmas da cabeça, porque o Brasil tem grandes treinadores”, desabafou o Jesus.

Logo após, o português citou o escritor Luís de Camões para falar sobre uma possível inveja: “O Camões, em um dos seus livros, escreveu a palavra inveja em um dos últimos parágrafos. Por que? Isso é um problema que muita das vezes acontece e está acontecendo”, disse.

Finalizando a coletiva, Jorge Jesus voltou ao tema. O treinador listou alguns de seus méritos, mas preferiu não prosseguir para não gerar polêmicas.

“Falam que é fácil. Mas sabiam que o Marí existia? E o Gerson? Sabiam que o Bruno Henrique jogava assim? Todo o crescimento da equipe tem a ver com o treino e qualidade do treinador. Se quiserem dizer… Não vou falar. Se não tinha que falar da seleção do Brasil. Esquece!”, finalizou.

Não deixe de ler também

O MRN depende do apoio de leitores como você para continuar fazendo uma cobertura criativa, propositiva e ética do Clube de Regatas do Flamengo. ➡ Junte-se a nós

Siga o autor: @matheusleal1

Compartilhar: