Compartilhar:

Apesar de ser o artilheiro da competição com 11 gols anotados, quem se destacou desta vez não foi o atacante Lázaro, mas sim o camisa 1 Bruno

Bruno Vicente, do MRN Informação

Após o empata em 2 a 2 na última semana, no Estádio José Liberatti, em Osasco, Flamengo e São Paulo voltaram a se enfrentar nesta terça-feira (09), pela semifinal do Campeonato Brasileiro Sub-17. Jogando desta vez no Estádio Raulino de Oliveira, em Volta Redonda, o Mais Querido conquistou a classificação para a decisão da competição, após um novo empate no tempo normal, agora em 0 a 0, e vitória sobre a equipe tricolor, por 4 a 3, nas cobranças de pênaltis.

Apesar de ser o artilheiro da competição com 11 gols anotados, quem brilhou desta vez não foi o atacante Lázaro, mas sim o goleiro Bruno. Seguro durante os 90 minutos, o camisa 1 tratou de assumir a responsabilidade nas penalidades e defendeu duas cobranças. O Flamengo também desperdiçou uma batida, mas as intervenções do goleiro rubro-negro asseguraram o triunfo do time da Gávea.

Bruno dedicou a vitória ao ex-companheiro de posição nas categorias de base do Flamengo, Bernado Pisetta, que foi uma das vítimas fatais da tragédia no Ninho do Urubu. O herói da partida jogou com uma camisa com a imagem do amigo por baixo do uniforme. “O Bernado era um cara sensacional. A mãe, o pai e o tio dele confiavam muito em mim. Ele era um parceraço da quarto, de tudo. Essa vitória foi para ele também e para os nossos outros nove que faleceram”, disse o jogador.

Com a vaga garantida, os Garotos do Ninho focam agora na preparação para o próximo duelo na briga pelo título. O adversário da sonha final sairá do vencedor do confronto entre Corinthians e Grêmio, que acontece nesta quinta-feira (11). O time paulista leva uma boa vantagem para o Rio Grande do Sul, já que venceu o primeiro embate por 2 a 0. As finais já estão agendadas para os dias 7 e 11 de agosto.

O jogo

O Flamengo iniciou o jogo pressionando em busca do gol, e se manteve muito superior ao adversário ao longo de todo o jogo. Aos nove minutos, Caio cobrou falta próxima à entrada da área, e o goleiro Young fez a defesa parcial. No rebote, a zaga afastou o perigo. Aos 18, Caio recebeu em velocidade pela ponta esquerda e cruzou na medida para Daniel Cabral. O volante rubro-negro de Seleção Brasileira apareceu como homem surpresa dentro da área e bateu de primeira, mas por cima do gol são-paulino. Na sequência, Carlos Daniel bateu cruzado e o goleiro Young espalmou para escanteio. 

A pressão rubro-negra era intensa. Aos 25 minutos, Caio cruzou, Pedro Arthur ajeitou e Daniel Cabral foi travado pela zaga. A bola sobrou para Lázaro, que também teve seu chute bloqueado. Aos 33, Daniel Cabral tentou novamente de fora da área, para mais uma defesa de Young. Os Garotos do Ninho faziam uma verdadeira blitz na área do São Paulo, que só se defendia e rezava para o primeiro tempo terminar. Aos 34 minutos, Carlos Daniel bateu e o arqueiro tricolor defendeu sem dar rebote.

O Mais Querido continuou melhor no segundo tempo. Aos seis minutos, Caio fez bela jogada individual, passou por dois marcadores e bateu à esquerda da baliza são paulina. Aos onze, Lázaro bateu cruzado e Young pegou mais uma. O São Paulo assustou pela primeira vez no jogo apenas aos 20 minutos do segundo tempo, em chute de fora da área de Pablo que saiu à direita do goleiro rubro-negro Bruno. 

O Flamengo massacrava o adversário em busca do gol e da classificação para a final sem a necessidade dos pênaltis. Aos 34, Carlos Daniel recebeu, invadiu a área em velocidade e bateu rente à trave esquerda de Young, na última chance de gol do tempo regulamentar.

Os pênaltis vieram, mas o Flamengo tem Bruno. Com seis pênaltis defendidos na temporada, o paredão rubro-negro manteve a excelente média e pegou mais dois, nas cobranças de Patrick e Pagé, chegando à incrível marca de oito pênaltis defendidos até aqui na temporada. Os Garotos do Ninho foram quase perfeitos, e fizeram com Caio, Maikon, Diego e Lázaro, vencendo a disputa por 4×3 e chegando em mais uma final de competição nacional na categoria Sub-17. Que venha mais um título!

Flamengo: Bruno, Marcos Felipe, Diego, Otavio, Caio; Dhouglas (Murillo), Daniel Cabral, Lázaro; Pedro Arthur (Will), Carlos Daniel (Jean Carlos) e Ryan Luka (Maikon). Treinador: Phelipe Leal. 

Sinta a emoção dos Garotos do Ninho na comemoração no vestiário

Créditos da imagem destacada: Ian Sena/Flamengo

O MRN depende do apoio de leitores como você para continuar fazendo uma cobertura criativa, propositiva e ética do Clube de Regatas do Flamengo. ➡ Junte-se a nós

Compartilhar: