Há 28 anos morria o lendário Carlos Volante

 

Carlos Martín Volante, um argentino nascido em Lanús, em 11 de novembro de 1910 completa hoje, 09 de outubro, 28 anos de seu falecimento.

Atuou profissionalmente em clubes grandes como Lanús e San Lorenzo na Argentina, e no Brasil, apenas em um, o Flamengo, em 1934.

Jogando no meio de campo fez sucesso, e graças também ao seu próprio sobrenome originou a posição que hoje, no Brasil, chamamos de “volante”. Como jogador, fez parte de várias equipes na Argentina, Itália e França, porém, foi no Mais Querido que mais se destacou, sendo tricampeão carioca (1939 – 1942 – 1943). E no seu auge tendo sido convocado para a Seleção Argentina entre 1929 e 1933 atuando em duas partidas, porém sem gols.

Curiosamente, chegou ao Flamengo após uma experiência como massagista na delegação da Seleção Brasileira, na Copa do Mundo FIFA em 1938. Na época, jogava na França, país que sediava o Mundial.

Com a carreira encerrada virou treinador e no Brasil trabalhou em Clubes como o Vitória, onde foi bicampeão baiano e ajudou no fim do jejum de títulos do Rubro-Negro, em 1953. No Bahia, comandou o time no jogo extra da final do Campeonato Brasileiro de 1959, onde consagrou-se campeão nacional. Treinou também a equipe do Internacional, porém, isento de títulos.

Faleceu na cidade de Milão, na Itália, já aposentado e longe do futebol, aos 76 anos de idade.
 

Quer ser apoiador do Mundo Rubro Negro? CLIQUE AQUI!