Compartilhar:

O histórico do Flamengo com jogadores estrangeiros é vasto e recheados de nomes que marcaram época – Agustín Valido, Benítez,  Doval Modesto Bria, Petkovic, Reyes etc. Entretanto, o Rubro-Negro nunca antes na história teve tantos gringos de uma só vez, como tem acontecido nos últimos anos.

Com o anúncio de Piris da Motta, o Flamengo voltou a alcançar a marca recorde de sete estrangeiro na equipe, assim como no ano passado. Além do paraguaio, o Rubro-Negro também conta com quatro colombianos (Cuéllar, Marlos Moreno, Berrío e Uribe) e dois peruanos (Guerrero e Trauco).

Leia também: Precisamos conversar sobre Cuéllar

Mas será possível para o torcedor rubro-negro ver todos esses estrangeiros juntos em campo com a camisa do Flamengo? Depende do campeonato.

Veja o que diz o regulamento dos campeonatos que o Flamengo disputa neste segundo semestre:

Campeonato Brasileiro e Copa do Brasil

Tanto na Copa do Brasil quanto no Campeonato Brasileiro, não há limite de número de jogadores estrangeiros inscritos, todos os registrados no BID estão em condição de atuar. Porém, só cinco podem ser relacionados por partida, seja para começar jogando ou ficar no banco.

No caso do recém-anunciado Piris da Motta, ele não poderá jogar na Copa do Brasil, já que o prazo para inscrição de atletas acabou no último dia 30.

Libertadores da América

A principal competição de clubes da América não impõe qualquer restrição ao número de estrangeiros em campo. Os sete podem ser relacionados para a mesma partida e até escalados ao mesmo tempo.

Vale lembrar que o Flamengo tem até o dia 5 de agosto para inscrever o novo reforço para a partida contra o Cruzeiro, pelas oitavas de final da Libertadores.

Situação de Paolo Guerrero

O peruano Paolo Guerrero segue com sua situação indefinida no Flamengo. Com edema na coxa direita, o atacante não participou da partida contra o Grêmio, na última quarta-feira, e segue no Rio de Janeiro fazendo trabalho de fisioterapia. Entretanto, seu vínculo com o Rubro-Negro acaba no próximo dia 10 e ainda não há uma definição sobre sua permanência.

Outro estrangeiro que pode deixar o Flamengo é o compatriota de Guerrero, Miguel Trauco, cujo contrato vai até o fim de 2019. Ainda durante sua participação na Copa do Mundo da Rússia, ele evidenciou sua insatisfação no clube e afirmou que tinha o interesse de buscar um novo clube.


Imagem destacada nos posts e nas redes sociais: Gilvan de Souza/ Flamengo

Apoie o MRN e ajude o nosso projeto a melhorar cada vez mais. Com R$ 10,00 por mês você participa dos nossos grupos de discussão no Whatsapp e Telegram. Seja assinante no Picpay: picpay.me/MRN_CRF ou apoiador no Apoia.se: apoia.se/mrn. Pensa em alguma outra forma de parceria? Entre em contato pelo 21 99419-6540.

LEIA TAMBÉM

> O Flamengo quer fazer um favor ao Brasil, mas terá que brigar muito para conseguir
> Flamengo chega ao mês de agosto com bons números
> Após 9 meses, Berrío volta a ser relacionado para uma partida
> Prazo para inscrição de atletas na Copa do Brasil chega ao fim
> Agenda rubro-negra: dois jogos contra o Grêmio e semana no Sul
> Explorando juntos o IVI – A criptomoeda do esporte
> Garimpando pelo mundo: 15 volantes que poderiam reforçar o Flamengo

Compartilhar: