Compartilhar:

Na luta pelo tetra, o Flamengo volta a campo na próxima quarta-feira para a partida de ida das quartas de final da Copa do Brasil, contra o Grêmio, em Porto Alegre. E para o duelo, a CBF escalou um trio de arbitragem paulista. Raphael Claus comandará o apito, auxiliado por Emerson Augusto de Carvalho e Macelo Carvalho Van Gasse – todos são da FIFA.

Leia também: Flamengo x Grêmio terá árbitro de vídeo

Esta é a quarta vez nos últimos sete jogos que um árbitro paulista é designado para uma partida do Flamengo em competições chanceladas pela CBF (Marcelo Aparecido em duas oportunidades, contra Paraná e Sport, e Luiz Flavio, na partida contra o Botafogo) – as outras três partidas foram contra adversários de São Paulo (Palmeiras, São Paulo e Santos).

Vale lembrar que, recentemente a equipe do São Paulo reclamou das constantes escalações de cariocas para os seus jogos, deixando a entender que o fato pode favorecer o rubro-negro. Entretanto, os paulistas estão tendo atuações discretas nos jogos do Flamengo e os cariocas idem, nos jogos do Tricolor do Morumbi.

O árbitro Raphael Claus não tem um histórico positivo em partidas do Rubro-Negro. Em 2015, foi pivô de muita polêmica, junto com seu auxiliar, após validar um gol do Avaí, no Campeonato Brasileiro, em um lance onde a bola havia saído claramente na construção da jogada (confira o segundo gol da equipe catarinense abaixo).

No ano seguinte, a diretoria do Flamengo se manifestou contra a escalação do apitador para uma partida contra o Grêmio, no Campeonato Brasileiro.

– Esse próprio árbitro que vai apitar nosso próximo jogo teve dois episódios em que prejudicou o Flamengo. No Brasileiro do ano passado, todos se lembram que ele deu um gol para o Avaí em que todo mundo viu que a bola saiu quase meio metro. Mesmo sendo um lance do assistente, ele era o árbitro. Ainda bem que o erro dele não nos causou um prejuízo maior contra o Cruzeiro, que foi o gol do Cirino, um gol legal, e ele era o árbitro — reclamou Rodrigo Caetano em 2016, em entrevista ao globoesporte.com.

Na temporada passada, o árbitro esteve na derrota por 2 a 0 para o Vitória, em plena Ilha do Urubu, e acabou marcando um pênalti questionável para a equipe baiana. Entretanto, a atuação da arbitragem ficou em segundo plano por causa do fraco desempenho do Rubro-Negro em campo, que acabou culminando na demissão do técnico Zé Ricardo.

A última partida do Flamengo apitada por Raphael Claus foi no ano passado, no Couto Pereira, na derrota por 1 a 0 para o Coritiba, em jogo válido pelo Campeonato Brasileiro. Na ocasião, ele teve atuação discreta.

 Flamengo em jogos apitados por Raphael Claus

– 9 jogos

– 4 vitórias do Fla e 5 derrotas;

– 19 cartões amarelos para o Rubro-Negro e 18 para os adversários.

Imagem destacada nos posts e nas redes sociais: divulgação


Apoie o MRN e ajude o nosso projeto a melhorar cada vez mais. Com R$ 10,00 por mês você participa dos nossos grupos de discussão no Whatsapp e Telegram. Seja assinante no Picpay: picpay.me/MRN_CRF ou apoiador no Apoia.se: apoia.se/mrn. Pensa em alguma outra forma de parceria? Entre em contato pelo 21 99419-6540.

LEIA TAMBÉM

> Após exigências de Arão, Olympiacos desiste da contratação
> Fla apresenta elenco do vôlei feminino mirando retorno às conquistas nacionais
> Petkovic pede a VP de Futebol do Flamengo a contratação de um lateral
> Corrida contra o tempo: Flamengo inicia registro de Vitinho
> Bicampeonato da Copa do Brasil completa 12 anos
> Flamengo anuncia a contratação do atacante Vitinho
> Fla busca novo patrocinador para a Arena Multiuso na Gávea
> Flamengo divulga parciais de vendas para os jogos contra Cruzeiro e Grêmio

Compartilhar: