Compartilhar:

Ao lado de Carlos Noval e Paulo Pelaipe o novo zagueiro do Flamengo foi apresentado nesta quinta-feira (3), mesmo dia da reapresentação do restante do elenco. Na entrevista coletiva o zagueiro projetou a temporada de 2019 e explicou o motivo de ter escolhido o Flamengo.

“Quem não sonha um dia em jogar no Flamengo? Acredito que a grande maioria do futebol brasileiro e até mundial por tudo que representa. Me sinto honrado e feliz, uma grande oportunidade para retomar minha carreira.”

Campeão pela seleção brasileira nas Olimpíadas, Rodrigo Caio não teve um bom ano de 2018. Cotado para a Copa do Mundo pelo técnico Tite, o zagueiro sofreu com lesões e pouco jogou pelo São Paulo. Agora 100%, o atleta acredita que 2019 pode ser diferente.

“Ano passado foi difícil, um dos piores da minha carreira. Infelizmente aconteceu uma lesão inesperada e fiquei distante do meu sonho (seleção). Me sinto 100% para jogar e fazer meu trabalho. Fiz todos os testes físicos e fui muito bem, 2019 vai ser muito especial. Quero fazer história nesse clube.”

Rodrigo Caio ainda falou rapidamente sobre o treinador Abel Braga e revelou ser fã do companheiro Juan.

“Tive uma pequena conversa e fico feliz em trabalhar com ele (Abel Braga), tive ótimas recomendações. […] É um ídolo (Juan), sempre me inspirei pelo estilo de jogo, forma como encara o futebol e como joga. Vou aprender muito. Já tinha contato e fico feliz de estar no mesmo ambiente que ele. Todos juntos vamos em busca dos mesmos objetivos.”

Confira outros trechos da entrevista:

Novo CT

Sensacional. A última vez que vim aqui foi nas Olimpíadas, me surpreendi bastante. Pela grandeza do Flamengo é natural. Vamos aproveitar muito a estrutura.

Companheiros de zaga e novos reforços

Temos aqui o Rhodolfo, o Léo Duarte e o Thuler, grandes zagueiros. Se vier mais alguém será da mesma qualidade. Deixo isso com a diretoria, é algo que não passa pelos jogadores. Quem vier vai entrar para somar, aumentar a qualidade do elenco.

Decisão pelo Flamengo

Tudo é a favor na hora de tomar uma decisão. Meu contato com o Flamengo é pela grandeza, pelo time que tem, pela torcida. Fiquei muito honrado quando entraram em contato comigo. Desde o começo a prioridade foi o Flamengo. Eles (diretoria do Fla) tentaram de todas as formas e fiquei muito feliz com isso.

Fama de bonzinho

Isso foi algo que ficou mal explicado. Não sou bonzinho, sou justo em todas as minhas atitudes. É uma criação minha. Procuro jogar duro, mas leal sempre. Cheguei agora, mas sei que a cobrança aqui é muito alta. Venho para ajudar, mais um jogador que todo mundo pode contar. Vou dar meu sangue.


*Créditos da imagem destacada no post e nas redes sociais: Alexandre Vidal/Flamengo

Apoie o MRN e ajude o nosso projeto a melhorar cada vez mais. Saiba mais em bit.ly/tutorialapoioforum

Inscreva-se no canal na TV MRN: bit.ly/CanalTvMRN

LEIA TAMBÉM

Compartilhar: