Compartilhar:

 

Depois da eliminação para o Palmeiras na semifinal Copa do Brasil Sub-17, o time juvenil do Flamengo voltou as atenções para o Campeonato Carioca. Na manhã deste domingo, no Estádio Nilton Santos, os Garotos do Ninho venceram o Botafogo por 2 a 1, no primeiro jogo da decisão do Campeonato Carioca. Os tentos rubro-negro foram marcados por Yuri, artilheiro isolado da competição, com 15 gols, e Wendel. Já Basseto descontou para o alvinegro.

Com o resultado, o Mais Querido pode apenas empatar o jogo da volta que será declarado campeão estadual pelo segundo ano seguido. Já um triunfo alvinegro por vantagem mínima levará a decisão para os pênaltis. O segundo e decisivo jogo será disputado no próximo domingo (26), às 10h, no Estádio da Gávea.

O jogo

Flamengo e Botafogo se enfrentaram pela sétima vez na temporada. Como nas outras ocasiões, o jogo foi movimentado e pautado pelo equilíbrio. O Rubro-Negro teve a primeira chance do clássico. Aos cinco minutos, o atacante Vitor Gabriel recebeu de Yuri dentro da área, dominou, fez o giro e chutou por cima da meta alvinegra.

A resposta do Botafogo não tardou para acontecer. Dois minutos depois, Rhuan aproveitou falha do goleiro Victor Hugo na cobrança de escanteio de Marlon, e chutou muito perto do gol rubro-negro. Já aos nove, em jogada de contra-ataque, Yuri César passou pela marcação, invadiu a área e finalizou na saída do goleiro André, inaugurando o marcador no Nilton Santos.

Em desvantagem, o Alvinegro adiantou suas linhas, passando a ditar as ações ofensivas do jogo, enquanto o Flamengo, bem postado, aguardava a chance para sair em contra-ataque. O goleiro Victor Hugo, então, transformou-se no nome do jogo. O arqueiro rubro-negro apareceu com duas ótimas defesas em finalizações de Marcelo, sendo uma de fora da área.

Com a marcação bem encaixada, o Flamengo não cedia espaços para o adversário, que só voltou a levar perigo na reta final do primeiro tempo. Aos 37’, em jogada pela direita, Marcelo rolou para Barbosa, que chutou cruzado, exigindo mais uma boa defesa de Victor Hugo.

Tendo Rhuan como seu principal jogador, o Botafogo voltou para etapa complementar disposto a buscar o empate. O time alvinegro dominou os minutos iniciais do segundo tempo, sempre aparecendo com muito perigo pelo lado esquerdo. Na  melhor chance, Lucas Maciel recebeu de Rhuan dentro da área, mas chutou torto, à direita de Victor Hugo.

A resposta rubro-negra veio com Marx Lenin, aproveitando o rebote da zaga após cruzamento de Ramon. O chute saiu forte, assustando o goleiro André. Em uma nova jogada, Marx Lenin fez um ótimo lançamento para Wendel do campo de defesa, o atacante dominou fora da área, deslocou o arqueiro botafoguense e ampliou o placar.

Apesar da desvantagem, os donos da casa seguiram pressionando em busca do gol. Depois de ter parado em diversas oportunidades no goleiro Victor Hugo, o Botafogo contou com a falha do camisa 1 flamenguista para diminuir o placar com Basseto, de cabeça, aos 23 minutos.

O clássico seguiu equilibrado, mas o Flamengo soube administrar o resultado e teve até oportunidade para ampliar o marcador.

Flamengo: Victor Hugo; Braian, Natan, Patrick (Ari) e Ramon; Gomes, Marx Lenin (Henrique), Matheus Alves e Yuri César (Pablo); Vitor Gabriel (Vitor Ricardo) e Wendel. Técnico: Márcio Torres.

Foto: Gilvan de Souza/ Flamengo

Compartilhar: