Compartilhar:

Flamengo e Volta Redonda se enfrentaram no Maracanã neste sábado (16) pela quarta rodada da Taça Rio, o Rubro-Negro saiu prejudicado, mas teve as melhores chances mesmo com um time completamente reserva, seis dos atletas sendo garotos da base.

O Jogo

O time comandado por Abel Braga tomou a iniciativa nos primeiros minutos. A primeira boa chance do Flamengo foi logo aos 6 minutos. Ronaldo roubou a bola na intermediária e fez tabela com Arrascaeta, o volante finalizou para gol, mas foi travado pela zaga. 

O aurinegro não conseguia passar do círculo central. Aos 14’ minutos o Flamengo chegou a 73% de posse de bola. Impressionante o volume do rubro-negro no campo ofensivo.  

Aos 18’ aconteceu a melhor chance do Volta Redonda até então. Cruzamento do lateral-esquerdo Luiz Paulo e cabeçada perigosa de Marcelo, a bola passou raspando o travessão defendido por Gabriel Batista.  

Após a parada técnica a partida ficou mais morna, o time do Sul Fluminense era perigoso nos contra-ataques, o Fla tentava infiltrar na área adversária, principalmente pelo lado esquerdo com triangulações de Trauco, Arrascaeta e Vítor Gabriel.  

Em mais uma dessas jogadas pela esquerda, aos 32’ Trauco cruzou, Vitor Gabriel resvalou para o gol, Douglas espalmou e Lucas Silva, no rebote, chutou forte na rede pelo lado de fora. 

Segundo tempo

A segunda etapa começou bastante sonolenta, a primeira chance de gol do Flamengo foi somente aos 15’ em cobrança de falta de Trauco, obrigando o arqueiro do Volta Redonda a fazer bela defesa, espalmando para escanteio.

Diego entrou no lugar de Lucas Silva e colocou mais dinamismo no meio-campo do Flamengo. Na primeira participação ofensiva, o camisa 10 deu um lindo passe para Uribe, mas o colombiano girou mal e não conseguiu finalizar.  

Após a parada técnica na segunda etapa o Volta Redonda voltou mais ligado. Marcelo recebeu a bola na área e chutou no canto esquerdo de Gabriel Batista, o garoto espalmou bem para escanteio. 

No fim da partida o Flamengo ainda forçou uma pressão, Arrascaeta cruzou na medida para Uribe, o colombiano cabeceou no travessão. Na volta, o uruguaio chutou de biquinho por cima do gol, Douglas deu um tapa na bola evitando o gol.

Erros de arbitragem  

Ambos os lances aconteceram com um protagonista: Luiz Paulo. O lateral do Volta Redonda aos 20’ da segunda etapa cometeu pênalti em uma cabeçada de Rodinei. A bola tocou em seu braço que estava visivelmente esticado. O outro lance foi nos acréscimos, aos 46’ Hugo Moura marcou no rebote de Douglas, mas a bandeirinha viu impedimento, mas Luiz Paulo dava condições para Hugo.  

Ponto negativo  

Com o empate, o Flamengo perdeu a liderança do Grupo C para o Bangu e deixou escapar a oportunidade de se classificar para as semifinais do Campeonato Carioca pelos pontos acumulados nos dois turnos.  

Próxima partida 

O próximo compromisso do Flamengo será na próxima terça-feira (19), contra o Madureira, às 20h30, também no Maracanã.


*Créditos da imagem destacada no post e nas redes sociais: Alexandre Vidal/Flamengo

Ou
Banco do Brasil:
Agência 3652-8
Conta Corrente 43937-1

Compartilhar: