Compartilhar:

Rubro-Negro esteve à frente do placar desde o primeiro quarto de partida

O Flamengo foi a Franca enfrentar o time da casa em um Ginásio Pedrocão lotado, e não pipocou. Ganhou o título e a vaga para a nova Liga das Américas em outubro de 2019.

O Jogo

O Flamengo abriu 4 a 0 com dois pontos do Varejão em duas assistências de Balbi. O placar foi se alternando durante o período. O Franca virou a partida em dois pontos que deixaram o técnico Gustavinho louco, ele alegou que a bola ainda estava sobre o aro e houve interferência, o que não pode no basquete. O jogo prosseguiu, o rubro negro retomou as rédeas da partida. Faltando 1 minuto para o fim do período, Marquinhos anotou uma bola de três que deu tranquilidade para o time, o técnico do Franca, Helinho, pediu tempo e o time conseguiu diminuir a vantagem flamenguista. Primeiro período terminou 25 a 22 para o Mengão.

Os primeiros pontos do segundo período foram de Deryk numa bola de três. A defesa do time rubro negro melhorou em relação ao período anterior, dificultando o ataque do time da casa. Em cinco minutos o Flamengo fez nove pontos e o Franca, nem um. Na metade final do período, o time paulista fez apenas cinco pontos.

O primeiro tempo terminou 40 a 27 para o Mengão, 15 a 5 só no segundo período.

O terceiro período começou “lá e cá” os dois primeiros ataques do Franca e do Flamengo foram convertidos em pontos. Após esse início equilibrado, os mandantes fizeram cinco pontos, a diferença diminuiu para dez pontos: 47 a 37. A recuperação do Fla se deu a uma enterrada de costas do experiente Marquinhos, que passou tranquilidade para a equipe.

O último quarto começou com o Franca sendo avassalador, duas bolas de três seguidas colocaram o time da casa vivo na partida. As bolas na linha de três do time da casa estavam caindo, o Flamengo sentiu. Faltando 4 minutos para o fim do jogo, o placar era 69 a 67 para o Fla. Mas, a experiência contou para o rubro-negro, Olivinha acerta uma bola de três que cala o Ginásio Pedrocão, esfria o ímpeto do Franca. O técnico Helinho pediu tempo e o time da casa novamente melhorou, acertou mais uma de três e a diferença era de 75 a 72 faltando 1:20 para o final do jogo.

Aí brilhou a estrela do argentino Franco Balbi que matou uma bola de três e manteve uma boa vantagem sobre o Franca faltando 39 segundos. Ainda deu tempo para uma emoção final com Jimmy também matando uma de três, a diferença era de 4 pontos faltando onze segundos. Davi, do Flamengo, ainda errou dois lances livres que deram uma sobrevida ao Franca, mas já era tarde.

Marquinhos recebeu o prêmio de MVP do torneio.

O Flamengo agora se prepara para o calendário de 2019 que terá o returno do NBB, Copa Intercontinental de Clubes, Campeonato Estadual e a nova Liga das Américas.

*Créditos da imagem destacada no post e nas redes sociais: João Pires/LNB

Apoie o MRN e ajude o nosso projeto a melhorar cada vez mais. Com R$ 10,00 por mês você participa dos nossos grupos de discussão no Whatsapp e Telegram. Seja assinante no Picpay: picpay.me/MRN_CRF ou apoiador no Apoia.se: apoia.se/mrn. Pensa em alguma outra forma de parceria? Entre em contato pelo 21 99419-6540.

Inscreva-se no canal no Youtube e acompanhe os programas MRN Live, o MRN Entrevista e muito mais! > bit.ly/CanalTvMRN

LEIA TAMBÉM




Compartilhar: