Compartilhar:

Por Diogo Almeida. Twitter: @DidaZico

Com a vitória por 3×0 diante do Avaí, pela 18ª rodada do Brasileirão 2019, o Flamengo de Jorge Jesus manteve-se no topo da tabela da maior competição do país.

A rodada de fechamento do primeiro turno, diante do Santos de Jorge Sampaoli, pode literalmente ser considerada uma grande decisão. Afinal, o Mais Querido e o Peixe são os dois líderes, com 39 e 36 pontos, respectivamente. O alvinegro ainda encara o Athletico-PR, na Vila, neste domingo (08) e pode então chegar à mesma pontuação.

Não deixe de ler: Hegemonia nacional

No próximo sábado (14), o Maracanã estará novamente lotado e a Nação vai empurrar o time do início ao fim. A vitória abre a possibilidade de bater o recorde de pontos do clube em um turno de campeonato brasileiro desde que o sistema de pontos corridos foi instituído.

Livro fundamental: Hexagerado – Arthur Muhlenberg

No segundo turno da campanha do hexacampeonato, em 2009, o time treinado por Andrade fez 40 pontos. Foram apenas três derrotas. No primeiro turno a campanha foi irregular e até certo ponto preocupante. O time chegou a ficar em 14º lugar na tabela.

Reforçado com Adriano desde a quarta rodada, o time engrenou posteriormente quando o ídolo Andrade foi efetivado no cargo e com o encaixe de Maldonado e Álvaro no sistema defensivo. Ao longo da segunda perna da vitoriosa campanha, o Mengo venceu 12 vezes, empatou quatro e perdeu em apenas três oportunidades. Com uma arrancada típica do “deixou chegar f*”, somou 40 pontos e estabeleceu o recorde que pode ser quebrado esse ano.

Certamente, bater recordes pode motivar ainda o Flamengo de Jorge Jesus contra o Santos de Jorge Sampaoli.

Para o segundo turno

As derrotas para Internacional e Atlético-MG, quando o treinador ainda era Abel Braga, impossibilitam um outro recorde: o de menor número de derrotas em em único turno.

Atualmente ele pertence ao Flamengo de Zé Ricardo. No segundo turno da edição de 2016, o Flamengo perdeu apenas quando visitou Sport e Internacional. Foi o menor número de derrotas do Flamengo na história.

Não deixe de ler também

Compartilhar: