Compartilhar:

 

Os Garotos do Ninho seguem sem vitória no segundo turno do Campeonato Carioca Sub-20. Em partida válida pela quarta rodada da Taça Rio, o Flamengo, atuando com um jogador a mais durante todo o segundo tempo, apenas empatou com o Botafogo, em 1 a 1, na tarde deste sábado (17), na Gávea.

Ambos os gols foram anotados em cobrança de pênalti. Pepê abriu o placar para o Flamengo no último lance da etapa inicial, ao passo que Rodrigo empatou para o Botafogo no início do segundo tempo.

Com o resultado, o Flamengo segue na sexta colocação do Grupo A, agora com apenas três pontos em 12 disputados. O líder da chave é o Vasco, com seis pontos, seguido do Resende, com a mesma pontuação, mas com um jogo a menos. Apenas os dois primeiros colocados do grupo avançam às semifinais da Taça Rio.

Vale lembrar que o Fla já está na semifinal do campeonato por ter conquistado a Taça Guanabara. Mas caso vença a Taça Rio, estará automaticamente na final, no aguardo de um adversário que sairá entre os quatro times melhores colocados durante as fases classificatórias dos turnos.

Os Garotos do Ninho voltam a campo na próxima quarta-feira (21), às 15h, diante do Macaé, no Estádio Moacyrzão.

O jogo 

Jogando em casa e com maior necessidade da vitória, o Flamengo tentou tomar a iniciativa do jogo, mas o fez de forma desorganizada. O Botafogo conseguiu pressionar a saída de bola rubro-negra e apareceu com boas oportunidades no ataque. Aos sete minutos, Wenderson fez um lindo lançamento para Rhuan, que arrumou com a perna errada, a bola quicou e se perdeu pela linha de fundo. Minutos depois novamente o camisa 10 alvinegro pegou a zaga flamenguista desarrumado e tentou um novo lançamento, mas desta vez sem sucesso.

No entanto, antes da parada técnico o Mais Querido conseguiu se organizar e ser mais atuante no campo ofensivo, tendo a velocidade de seus atacante como ponto forte. Aos 16 minutos, Vitor Gabriel tabelou com Vinicius Souza na entrada da área, mas a bola explodiu na zaga. Embora tímido, o Rubro-Negro se apresentava indícios de evolução.

Sempre perigoso, o Botafogo aproveitou uma falha na saída de bola rubro-negra e quase marcou com Luan de fora da área, mas o goleiro Yago Darub fez excelente defesa. O Alvinegro trabalhava a bola com mais tranquilidade, mas também tinha dificuldades de passar pelo sistema defensivo dos anfitriões. Aos 31 minutos, a equipe da casa arriscou de longe com Bill, que passou por dois marcadores no lado esquerdo, cortou para o meio e chutou forte.

Já nos últimos instantes da etapa final, Bill fora derrubado por Jonathan, em uma jogada dura do lateral-direito alvinegro. O atleta recebeu apenas cartão amarelo. No entanto, o botafoguense voltou a cometer falta, desta vez dentro da área, sobre Vitor Gabriel. O árbitro Alan Trindade não titubeou e aplicou o segundo cartão amarelo para o atleta, que acabou expulso. Camisa 10 do time, Pepê converteu a penalidade e abriu o placar na Gávea no último lance do primeiro tempo.

Segundo tempo

A vantagem do rubro-negro durou apenas o tempo do intervalo. Logo no início da etapa final, um pênalti fora assinalado para a equipe alvinegra. Na jogada, o zagueiro Matheus Dantas recebeu cartão amarelo. Rodrigo deixou tudo igual aos três minutos.

Com um jogador a mais, o Flamengo tinha mais posse de bola, mas não conseguia criar efetivamente. A melhor chance surgiu aos 12 minutos. Após contra-ataque puxado por Bill, o atacante Lucas Silva recebeu na entrada da área, tinha o gol livre à frente, mas a bola desviou no zagueiro Luca.

O Botafogo, por sua vez, apesar da movimentação interessante sem a bola, não conseguia concluir suas jogadas. O treinador Mauricio de Souza realizou duas substituições aos 25 minutos. Luiz Henrique e Yuri César entraram nos lugares de Vitor Ricardo e Vitor Gabriel, respectivamente. O objetivo d o técnico era dar mais mobilidade ao time e prender a bola no campo ofensivo.

Em seu primeiro lance no jogo, o meio-campista Yuri saiu costurando a zaga alvinegra e arriscou da entrada da área, dando trabalho ao goleiro Diego. No entanto, as melhores chances da segunda etapa foram do time alvinegro. Aos 34 minutos, Caetano entrou como quis na área, rolou para Luan, que desmarcado, chutou para o gol, mas viu o zagueiro Matheus Dantas salvar em cima da linha. No rebote, Rhuan chutou por cima. Apesar da melhora de ambas as equipes na parte final, o placar não foi alterado.

Flamengo 1 x 1 Botafogo 

Local: Estádio da Gávea
Data: 17 de março de 2018
Horário: 15h (Brasília)

Flamengo: Yago Darub; Vitor Ricardo (Luiz Henrique), Matheus Dantas, Bernardo e Michael; Theo, Vinicius Souza (Marx Lennin) e Pepê (Wendel); Lucas Silva, Bill (Breno) e Vitor Gabriel (Yuri César).

Botafogo: Diego; Fernando, Gabriel, Luca e Jonathan; Wenderson, Caio Alexandre e Rickson; Rodrigo (Matheus Bastos), Rhuan e Luan.

Arbitragem: Alan Trindade da Silva; Lilian da Silva Fernandes Bruno e Thayse Marques Fonseca; Júlio César do Couto Mota.

Gols: 1-0, Pepê, Min. 45/1T || 1-1, Rodrigo, Min. 3/2T.

Cartões amarelos: Théo, Matheus Dantas, Michael, Vinicius Souza; Caio Alexandre e Jonathan (cartão vermelho), Caetano, Wenderson e Diego.

Foto: Gilvan de Souza/ Flamengo 


Olá, grande rubro-negro! Quer entrar para o nosso grupo exclusivo de Whatsapp, participar de sorteios de livros incríveis sobre o Flamengo, ter acesso a matérias antes de todo mundo, virar blogueiro do Mundo Rubro Negro e ainda contribuir para o crescimento do projeto com o melhor conteúdo sobre Flamengo da internet? Entre para a nossa comunidade de apoiadores! Saiba mais clicando aqui.

Compartilhar: