Compartilhar:

No duelo de rubro-negros no Maracanã, o Flamengo superou o Vitória e conquistou três importantes pontos na luta pelo hepta. O único gol da partida foi marcado pelo meia Diego Ribas ainda na primeira etapa. Agora, apenas dois pontos separam o Mais Querido (40) do líder São Paulo (42).

O MRN condensou o melhor da resenha esportiva pós-jogo do Rádio, da TV e do YouTube, e trouxe análise dos principais comentários.


 

Gustavo Hofman (ESPN)

Foi uma Vitória muito econômica do Flamengo, pelo que jogou no primeiro tempo. No primeiro tempo o Flamengo amassou o Vitória, que não teve nenhuma finalização nesta etapa. Paquetá e Diego jogando muito bem, se movimentando, conseguindo espaço na marcação. Vitória num 442 com Léo Ceará e Neilton à frente mas o Flamengo encontrou espaço para jogar. Jogou bem no primeiro tempo! Fez 1×0 só no finalzinho graças ao também ao goleiro Ronaldo, que fez pelo menos duas grande defesas. Na volta do intervalo houve uma queda de rendimento. Não conseguiu manter o mesmo ritmo. O Vitória naturalmente saiu mais para o jogo, só que existe uma diferença muito grande entre os times hoje. Mesmo com o Flamengo segurando um pouco mais, o Flamengo não foi ameaçado. Apenas aos 38 minutos da etapa final que teve uma finalização dentro da área. É uma vitória importante. Obrigatórios para o Flamengo na briga pelo titulo. Três pontos na conta.

Rafael Rezende (SportTV)

Talvez um pouco mais de contundência no segundo tempo para matar o jogo. Mas acho que o volume foi suficiente para buscar o resultado. Dos times que jogam por uma bola, e são raros no futebol brasileiro, o Flamengo hoje consegue, se tiver com boa parte dos seus jogadores, com seus principais jogadores, é o time que mais consegue circular a bola e criar chances e pisar na área adversária, na realidade do futebol brasileiro. Acho legal o Vitinho tentando se encontrar, um cara que finaliza de fora não só com a perna direita, mas com a perna esquerda também – mostrou isso hoje em uma finalização que pegou no travessão. A mobilidade do Paquetá, o Everton em diagonal indo para dentro. Acho que o Flamengo tem um ótimo repertório. Pelo estilo de jogo da equipe, eu cheguei a defender, para uma readaptação do Vitinho, por mais que seja brasileiro, ele jogando onde hoje atua o Henrique Dourado. Como um 9 de movimentação, como chegou a jogar no Internacional.

Mauro Cézar Pereira (ESPN)

O Vitória chutou a primeira bola no gol ao 22 minutos do segundo tempo. O Vitória não atacou. E não atacou também porque o Flamengo não deixou. Isso o Flamengo fez bem. Marcou alto, dificultou. No final do jogo, nos instantes finais, o Flamengo subiu a marcação e o Vitória ficou lá no seu campo e não conseguia sair. Tinha a posse de bola e não conseguia se levar ao ataque pra sequer chuveirar. Esse foi um dos aspectos positivos. A dificuldade é fazer mais um gol, adquirir uma vantagem mais confortável no placar. E com isso até poupar energias durante o jogo. O Vitinho teve um bom começo de jogo, não só pela bola na trave mas por algumas jogadas, participou do gol, é ele que coloca a bola na área, assim como fez na vitória contra o Grêmio. O resultado é importante, o Flamengo não poderia, do ponto de vista do time carioca, deixar de fazer estes três pontos e encostar mais na liderança. É preciso que o time tenha mais capacidade de definição nos jogos. Faça mais gols neste tipo de adversário e vencer com mais facilidade.

Gustavo Roman (MRN/YouTube)

O Flamengo começou no 4141 tradicional, com seu time considerado titular. Cuéllar no meio entre as linhas. Paquetá e Diego centralizados, Everton na direita e Vitinho na esquerda. Dourado no comando do ataque. E o Flamengo voltou a ser o time do médico e do monstro. Um dia joga bem, hoje fez um primeiro tempo primoroso e até um pedacinho do segundo tempo, e depois caiu de produção. E no outro dia tem uma atuação desastrosa, como foi contra os reservas do Grêmio, quando foi contra o Cruzeiro, como foi contra o Atlético-PR. Hoje foi dia do médico. O que dá um certa esperança para a torcida rubro-negra, já que se seguir nessa sina domingo é o dia do monstro contra o América-MG pelo Brasileiro e o dia do médico é o dia contra o Cruzeiro, na quarta-feira, pela Libertadores. Quem sabe conseguindo uma tarefa dificílima: reverter o quadro diante da raposa mineira.

Mário Marra (ESPN)

O jogo de hoje, com o placar magro, dá tranquilidade para o torcedor porque não tem o fantasma dos 3 a 0. O time jogou, produziu, tem bons números. Poderia ter feito mais? Poderia. Mas acho que o segundo turno do Campeonato Brasileiro é para olhar mais para dentro do campo e menos para o placar, que serão muito apertados. Se os desempenhos forem bons… Eu acho que… Por exemplo, o São Paulo ontem: jogou muito mal. Foi assustador. “Ah, mas pelo menos não perdeu”. Não, estava errado tudo! O resultado foi fraco e o desempenho foi fraco. Flamengo só fez 1 a 0. Podia ser mais. Mas jogou bem. Ok. Em um cenário de campeonato apertado só existe uma coisa para torcedor confiar: se o time estiver jogando bem.

Eugênio Leal (FoxSports)

Um jogo em que só um time jogou. Flamengo foi pra cima, martelou muito no primeiro tempo. Teve chute na trave, defesa do goleiro, o gol, outras situações criadas. O Flamengo se impôs, mostrou que é muito melhor do que o time do Vitória. No segundo tempo, não sei se por cansaço, ou se por administração de energia, já que o Flamengo vem nuna sequência grande e tem um jogo decisivo quarta-feira, pela Copa Libertadores contra o Cruzeiro , em que tem desvantagem, o Flamengo pisou no freio. Claramente pisou no freio. E aí o vitória, aos poucos, foi se engraçando, chegou ali aos 38 minutos a ter uma jogada perigosa, Diego Alves defendeu, depois um cruzamento na área. Não chegou a pressionar o Flamengo mas fez o que não aconteceu no primeiro tempo : foi ao campo de ataque. O casamento [entre time e torcida] é maravilhoso para todo mundo. Para o futebol carioca, para o Maracanã que precisa do Flamengo e para o Flamengo que precisa do Maracanã. Flamengo jogando no Maracanã será sempre mais forte, arrecadará mais e terá um desempenho técnico superior, não à toa ele faz essa campanha. E é óbvio, resultado de hoje significa que o Flamengo encosta de novo na briga pela liderança.

Léo Bertozzi (ESPN)

Não sei se perceberam que aqui não existe Manchester City. Um time que domina todos os seus adversários, que tem uma facilidade imensa para chegar o tempo inteiro na cara do gol. O que eu quero dizer é que você olha para os três primeiros que estão separados por dois pontos e você vai ver várias vitórias deste tipo. O Inter agora contra o Bahia, mas antes contra o Ceará também teve uma vitória super apertada. O São Paulo empatou com o Paraná sem manter o nível de atuação, admitiu o Diego Aguirre. O Flamengo vence apertado o Vitória, como perdeu para um dos times da zona de rebaixamento no último final de semana jogando muito mal. Você vai ter na campanha do campeão vários desses jogos: aqueles 1 a 0 magrinhos. Dá para criar agora uma estratégia para ganhar do América com meio time poupado para quarta-feira.

Eraldo Leite (Rádio Globo)

A posse de bola do Flamengo foi de 67,8%. É muita coisa. Foram 15 finalizações contra 4. O Fla finalizou 7 certas mas apenas acertou o gol na bola do Diego. Venceu, era o que precisava, mas a gente quer sempre na análise do jogo ver a vitória e a boa atuação. A boa atuação aconteceu em alguns momentos da partida, não foi um todo. O início do Flamengo foi animador, 20 minutos. Depois o time caiu. Depois fez o gol e se acomodou. E ficou administrando. Só que numa estocada de contra-ataque , numa dessas bobeadas, quase saiu o gol de empate do Vitória. O Flamengo continua lá em cima na briga para ser campeão brasileiro.


Imagem destacada nos posts e nas redes sociais: Divulgação

Apoie o MRN e ajude o nosso projeto a melhorar cada vez mais. Com R$ 10,00 por mês você participa dos nossos grupos de discussão no Whatsapp e Telegram. Seja assinante no Picpay: picpay.me/MRN_CRF ou apoiador no Apoia.se: apoia.se/mrn. Pensa em alguma outra forma de parceria? Entre em contato pelo 21 99419-6540.

Inscreva-se no canal no Youtube e acompanhe os programas MRN Live, o MRN Entrevista e muito mais! > bit.ly/canaltvmrn

LEIA TAMBÉM

> Diego critica o gramado do Maracanã: “É um dos piores da Série A”
> Flamengo supera o Vitória e se aproxima dos líderes
> Flamengo emite nota contra comentário irresponsável de jornalista
> Flamengo Imperadores e Vasco da Gama Patriotas se enfrentam pela BFA 2018
> E que venha o 2º turno…
> “Sofrimento pouco é bobagem”: Reikrauss e sua análise bem-humorada de Atlético-PR 3 x 0 Flamengo
> Com força máxima, Flamengo enfrenta o Vitória no Maracanã
> 7 fatos que explicam porque Cuéllar é querido pela torcida do Flamengo
> Flamengo divulga a parcial de vendas para a partida contra o Vitória
> Dinheiro, boleto bancário e o IVI Token
> Torcida do Flamengo mantém liderança na média de público no Brasileirão
> Ainda não conhece o novo time do FlaBasquete? Então conheça as mudanças para a nova temporada
> Cuéllar nega interesse em deixar o Flamengo
> Irreconhecível
> Flamengo divulga a parcial de vendas para a partida contra o Vitória
> Como os craques brilham
> Flamengo 1 x 0 Grêmio: entendimento e adaptação sem abandono de convicções
> Com classificação contra o Grêmio, Flamengo garante prêmio milionário e se aproxima da taça de R$ 50Mi
> Presidente do Flamengo oficializa candidatura a deputado federal

Compartilhar: