Compartilhar:

O FlaBasquete segue voando na temporada. Sem contar com a Nação Rubro-Negra, a equipe comandada por José Neto não tomou conhecimento do adversário e dominou a partida diante do rival, Vasco da Gama, vencendo por 89 a 75, permanecendo na liderança do NBB, com 13 vitórias em 15 jogos, aumentando a sequência de vitórias para oito, com mais um excelente jogo coletivo.

O Flamengo começou o jogo se impondo diante do Vasco, chegando a abrir cinco pontos a zero. A equipe de São Januário esboçou uma reação, chegando a passar na frente no placar. O Rubro-Negro respondeu com a entrada de Marcelinho Machado, que junto a Cubillan, encaixou três bolas de 3 seguidas, abrindo uma boa vantagem e fechando o quarto na frente por 26 a 16.

No segundo quarto, o time cruzmaltino voltou melhor, transformando a vantagem de 10 pontos do Mais Querido em apenas quatro, levantando a torcida na Arena Carioca 1, que não pode contar com a presença da Nação para a partida. Com a entrada de Arthur Pecos e Rhett, o FlaBasquete voltou a pontuar, com direito a ponte aérea e enterrada do norte-americano. O Mengão voltou a dominar a partida, indo para o intervalo vencendo por 51 a 39.

O terceiro quarto se iniciou e o Flamengo parecia imparável, aumento a vantagem em 16 pontos. Mas o poderio ofensivo do Rubro-Negro não durou muito, falhando na coletividade para atacar e defender. O Vasco da Gama aproveitou o bom momento, e diminuiu a diferença pela metade. O técnico José Neto parou o jogo, acertando a defesa. O Fla voltou a se impor e fechou o quarto com 12 pontos de frente, pelo placar de 69 a 57.

O último quarto voltou de maneira equilibrada, com as duas equipes pontuando. O Mais Querido soube controlar e se manter a frente do marcador, sem forçar no ataque, com uma defesa segura, fechando o jogo em 89 a 75. O Orgulho da Nação continua mais líder do que nunca no Novo Basquete Brasil, com oito vitórias consecutivas.

Vindos do banco, o ala-pivô Rhett e o armador Arthur Pecos foram os dois principais destaques do FlaBasquete no duelo. O norte-americano foi um dos cestinhas do Rubro-Negro com 15 pontos, além dos cinco rebotes. O jovem armador foi o outro cestinha com a mesma pontuação do primeiro e também foi o líder da equipe em assistências com cinco, chegando a marca de 500 assistências na história do NBB, também sendo o melhor do plantel no quesito.  O ala Marquinhos também fez excelente jogo, com 14 pontos, três assistências e três rebotes.

O próximo confronto do Orgulho da Nação é diante do Campo Mourão, na Arena Carioca 1, às 20h30, na próxima quinta (1), com direito a transmissão do Facebook do NBB. O jogo também poderá marcar a estreia de Anderson Varejão pelo Flamengo.

Compartilhar: