Compartilhar:

Yago Martins, do MRN Informação

A dolorosa eliminação do Flamengo nas oitavas de finais da Libertadores de 2008, voltou a ser lembrada durante esta semana.

Em entrevista ao canal Paparazzo Rubro-Negro, o ex-zagueiro Ronaldo Angelim revelou que o clube mal se preparou para a partida de volta contra o América-MEX. O rubro-negro venceu por 4 a 2 na ida, e segundo o ex-atleta, o oba-oba tinha tomado conta do vestiário.

Até o então técnico Joel Santana não sabia do regulamento, segundo Angelim. O Fla perdia por 2 a 0, e Joel colocou dois atacantes pondo o time para frente, e o rubro-negro acabou levando o terceiro gol, que eliminaria a equipe.

Foto: Reprodução

Confira as palavras de Angelim

“Nós fizemos tudo errado, teríamos que ser eliminados. Tanto que Joel não sabia que 2 a 0 dava a gente, ele acabou fazendo a subsituição e colocou o time mais para a frente. Depois ele veio a entender.”

Na época membro da diretoria do Flamengo, Kleber Leite postou um vídeo no YouTube conversando com o capitão daquela equipe, Fábio Luciano.

Ambos, negaram com veemência a versão de Angelim.

“Não joguei porque tive uma lesão contra o Botafogo, fiz tratamento até a véspera do jogo. Em relação a festa na terça isso não aconteceu. A premiação do Carioca foi feita na segunda, no hotel onde estávamos concentrado. Recebemos os prêmios e dormimos na mesma hora”, disse Fábio Luciano.

Kleber Leite pediu para que Fábio também contasse a história de uma suposta luta de MMA, que os atletas teriam assistido na véspera.

“Isso não aconteceu. Pedi ao Joel para assistirmos uma luta em outra ocasião, quando estávamos concentrados para um jogo de Carioca. Não tem nada haver com o América”, completou o ex-capitão.

Fábio Luciano explicou o atraso da equipe, que chegou na hora do jogo sem aquecer.

“Lembro como se fosse hoje. Por orientação da Polícia Militar, mudamos nossa rota. Aquele dia estava um trânsito intenso e chegamos 40 minutos antes da partida. Costumávamos sempre chegar 1 hora e meia de antecedência”.

Para finalizar, Fábio negou que Joel não sabia do regulamento.

“É impossível isso. Todo mundo sabia o que tinha que acontecer. A gente conversava no banco pela ansiedade que o Flamengo estava de fazer um gol, para acabar com o jogo. Joel sabia”.

Confira a entrevista na íntegra

O MRN depende do apoio de leitores como você para continuar fazendo uma cobertura criativa, propositiva e ética do Clube de Regatas do Flamengo. ➡ Junte-se a nós

Compartilhar: