Compartilhar:

O ex-diretor-executivo do Flamengo, Rodrigo Caetano, fez uma revelação surpreendente no programa Resenha ESPN publicado na última sexta-feira (10). O dirigente que trabalha atualmente no Internacional, afirmou que o maior erro de sua carreira foi não ter segurado o técnico Vanderlei Luxemburgo no Rubro-Negro, em 2015.

Como dirigente, o maior erro foi não ter sido mais enfático, e tentado manter o Vanderlei Luxemburgo no Flamengo em 2015. Ele poderia ter naquele ano contribuído muito mais”, disse o dirigente.

Luxa que tinha sido contratado em 2014 com a missão de livrar o Flamengo do rebaixamento, terminou aquele Brasileiro na décima colocação, tendo total respaldo da torcida e da diretoria para iniciar o trabalho do ano seguinte. Em 2015, diversos jogadores foram contratados no início do ano, e o mais badalado foi Marcelo Cirino. Porém, no Campeonato Carioca a equipe foi eliminada pelo Vasco na semi-final e não começou bem o Brasileirão, possibilitando assim a demissão de Luxemburgo, e na época, Cristóvão Borges assumiu o Rubro-Negro.

Você pode contribuir com o nosso projeto:

Via Paypal:

Via Transferência Bancária:

Banco do Brasil:
Agência 3652-8
Conta Corrente 43937-1

Créditos de imagem destacada e nas redes sociais: Flamengo/Divulgação

Compartilhar: