Compartilhar:

Flamengo e Bauru se enfrentaram nesta última terça-feira pelo NBB e fizeram uma das melhores partidas da atual temporada, o rubro-negro garantiu a vitória apenas nos minutos finais. Olivinha e Marquinhos foram os destaques da partida.

Com a vitória, o Orgulho da Nação assume a vice-liderança do NBB, ultrapassando o Pinheiros. 

Esse foi o 37º confronto da história entre as equipes, o Mais Querido leva vantagem no retrospecto geral: 27 triunfos do rubro-negro – contando o de hoje – contra dez da equipe do interior de São Paulo. Esse é o confronto que mais aconteceu na história do NBB. 

O Jogo  

O início do confronto no Tijuca fez jus ao tamanho do clássico. O Fla apostava em transições rápidas com Rossetto e Olivinha, o último em noite inspirada. Já o Bauru viu seus principais jogadores estarem bem abaixo do nível, Alex e Larry Taylor não colaboraram com o time no primeiro quarto, coube ao banco aparecer e colocar os visitantes a apenas um ponto atrás do Flamengo no fim do primeiro período: 19 a 18.  

O Mengo começou o segundo período acertando duas bolas de três pontos, com Rossetto e Davi respectivamente. O Dragão, liderado por Gustavo, seguiu tentando encostar no placar, mas viu a diferença só aumentar. Quando o placar marcava 37 a 21 para o Flamengo, faltando quatro minutos para o fim do quarto, faltou luz no Tijuca Tênis Clube e a partida foi interrompida.  

O experiente Larry Taylor voltou com tudo para o terceiro quarto. O americano embalou três cestas seguidas, duas delas de três, virou a partida para o Bauru, e ainda, se tornou o 7º jogador a alcançar a marca dos cinco mil pontos na história do NBB.  

Mas a vantagem não durou muito. Após um pedido de tempo do técnico Gustavinho, Marquinhos acertou uma bola de três, empatando a partida. Faltando pouco mais de três minutos para o fim do quarto, o Dragão abriu quatro pontos de vantagem pela primeira vez na partida, mas Marquinhos, mais uma vez, diminuiu a diferença. Faltando um minuto, Olivinha, numa linda cesta de costas empatou a partida novamente. 

O início do último quarto teve somente um personagem: Marquinhos. O camisa 11 fez nove pontos seguidos, em três bolas de três pontos, aumentando a vantagem do Fla de apenas um para oito pontos em apenas dois minutos de quarto. Com isso, restou apenas ao Flamengo administrar a vantagem construída no quarto, placar final 80 a 72. 

Próxima partida 

O Flamengo agora encara o Vasco, em São Januário, sábado às 14h, o jogo não terá torcida.  



*Créditos da imagem destacada no post e nas redes sociais: Marcelo Cortes/Flamengo

Você pode contribuir com o nosso projeto:

Ou
Banco do Brasil:
Agência 3652-8
Conta Corrente 43937-1


Compartilhar: