Compartilhar:

Com cada vez mais destaque e tempo de jogo no Chicago Bulls, o pivô Cristiano Felício, ex-jogador do Flamengo, marcou presença na clínica jr. NBA, que aconteceu nesta quarta-feira (25) na Cruzada São Sebastião. O evento foi feito para jovens atletas, entre 8 e 14 anos, que participam do núcleo de basquete da NBA no Complexo da Maré e do projeto Basquete Cruzada além de alunos da Escola Municipal Santos Anjos.

Na quadra da E.M. Santos Anjos, que foi reformada pelo projeto NBA Cares em 2015, foi feito um treino com a presença do pivô do Chicago Bulls e uma roda de conversa. Felício observou as atividades e participou em momentos ajudando os jovens com a condução de bola, dribles e arremessos.

O Flamengo foi o clube em que Felício teve seu auge no basquete brasileiro. Chegou em 2013, com apenas 21 anos de idade, antes, havia jogado três anos no Minas. Pelo Mais Querido, o pivô foi muito vitorioso, fez parte do elenco que ganhou as seguintes competições: NBB (2013/14 e 2014/15); Campeonato Carioca (2013 e 2014); Liga das Américas (2014) e o Mundial Interclubes (2014). Saiu do time em 2015 para tentar chegar à NBA. Depois de jogar a Summer League, teve contrato firmado com o Chicago Bulls.


 
Na NBA, Cristiano Felício tem ganhado mais tempo de jogo, além de receber cada vez mais comentários positivos da imprensa americana e dos torcedores dos Bulls. A diretoria do clube de Chicago renovou no meio do ano passado o contrato do brasileiro até 2021, com o maior salário entre os pivôs que não eram considerados titulares em toda a liga.

Ao Mundo Rubro Negro, após o evento, Felício falou sobre o rubro-negro carioca. “Com toda certeza o Flamengo teve participação grande na minha ida para a NBA. É um clube que eu consegui me desenvolver muito bem, eles trabalharam muito bem comigo tanto fora quanto dentro de quadra. Com certeza vai ser um clube que vai estar junto comigo aonde eu esteja, é um clube que admiro bastante. Os profissionais que estiveram comigo, os que estão aí ainda, eu sempre mantenho contato. Sempre tenho uma torcida muito grande pelo Flamengo e só tenho a agradecer a tudo que eles fizeram por mim.”
 

Imagens destacadas no post e redes sociais: Gabriel Spanner / MRN

Quer ser apoiador do Mundo Rubro Negro? CLIQUE AQUI
 

LEIA NO MRN

> Atuações de Santa Fé x Flamengo: um triste e sonolento 0 a 0
> Que lições podem ser tiradas do adeus de Julio Cesar
> PODCAST | MRN LIVE #ANÁLISE FLAMENGO 2 x 0 AMÉRICA-MG E SANTA FÉ x FLAMENGO
> Perfil, contexto e resultado: Os doze – Parte 2
> Em defesa dos bons jogadores (ou porque não devemos nos desfazer de Diego e Éverton Ribeiro)
> Flamengo vence na estreia do Campeonato Carioca de Futebol Americano

Compartilhar: