Compartilhar:

Não é a primeira vez que o Flamengo abdica de jogar com os titulares no ”clássico dos milhões”, para atuar com o time reserva visando uma partida da Libertadores que se aproxima.

Em 2008, o então técnico rubro-negro Joel Santana, mandou a campo um time completamente desconfigurado para enfrentar o Vasco titular, pela Taça Rio. A partida foi em um domingo, e na quarta-feira o Fla enfrentaria o Cienciano, do Peru, na altitude de Cusco.

O jogo

O Flamengo começou a partida de forma muito intensa. Os reservas do rubro-negro abriram 2 a 0 em 12 minutos. Depois de um chute torto de Diego Tardelli, aos 10, a bola desviou na zaga vascaína e sobrou para Marcinho chutar de primeira e abrir o placar.

Em uma cobrança de escanteio, Maxi (o primo do Messi) cruzou e Rodrigo Arroz cabeceou sozinho para fazer o segundo, aos 12. E o baile prosseguiu até meados da segunda etapa, com a equipe de Joel Santana perdendo gol atrás de gol.

Mas, quando até Edmundo era vaiado, os titulares vascaínos reagiram e empataram. Aos 22 minutos, o ídolo cruzmaltino cruzou e Alan Kardec descontou. O gol de empate do Vasco saiu aos 39. Após cobrança de escanteio, Jorge Luiz subiu sozinho e cabeceou no canto esquerdo.

Gols

FICHA TÉCNICA
FLAMENGO 2 X 2 VASCO

Local: Estádio do Maracanã (RJ)
Data: 6 de abril de 2008, domingo
Horário: 18h (de Brasília)

O Fla naquela partida estava escalado com: Marcelo Lomba, Luizinho, Rodrigo Arroz, Thiago Salles, Egídio, Airton, Kleberson, Jailton, Marcinho, Diego Tardelli e Maxi.

2019

Flamengo com reservas e Vasco com titulares voltam a se enfrentar neste sábado, às 19h, no Maracanã, e novamente pela Taça Rio. O rubro-negro é líder de seu grupo e uma vitória encaminharia uma vaga para as semifinais do turno.

Leia também


Ou
Banco do Brasil:
Agência 3652-8
Conta Corrente 43937-1

*Créditos de imagem destacada e rede sociais: Reprodução

Compartilhar: