Compartilhar:

Na noite da última segunda-feira, foi realizado o sorteio das oitavas de final da Libertadores da América, em Luque, no Paraguai. Na cerimônia, ficou decidido que o adversário do Flamengo é um velho conhecido: o Emelec.   

Nos últimos anos, brasileiros e equatorianos vêm se enfrentando constantemente, só para ter uma noção, nas últimas quatro participações do Flamengo na Libertadores, só em 2016 o clube não enfrentou os “elétricos”, como são conhecidos.   

Ao todo foram seis duelos, com cinco vitórias do Flamengo e apenas uma derrota.  

Todos os confrontos foram pela fase de grupos da competição. A única derrota foi por 3 a 2 na Libertadores de 2012, em Guayaquil. Léo Moura e Deivid marcaram para o Flamengo, mas o time equatoriano conseguiu o triunfo aos 45’ do segundo tempo, graças a Gaibor.   

Em 2014 – ano em que o Flamengo também foi eliminado na fase de grupos – o Emelec foi o único time do grupo que não conseguiu vencer o Fla, ficando na lanterna do Grupo 7 (à época ainda se usavam números).   

Na fase de grupos de 2017, FlamengoEmelec voltaram a se enfrentar, o Rubro-Negro fez seis pontos sobre os equatorianos. Destaque para a virada no George Capwell, graças a Vinicius Jr que marcou os dois tentos do Flamengo. Curiosamente, o Emelec foi o único adversário que perdeu para o Mais Querido, já que Santa Fe e River Plate empataram nas duas partidas da fase de grupos.

Confira o histórico: 

16/05/2018 – Flamengo 2×0 Emelec – Maracanã / (Everton Ribeiro [2]) 

14/03/2018 – Flamengo 2×1 Emelec – George Capwell / (Vinicius Junior [2])  

02/04/2014 – Flamengo 2×1 Emelec – George Capwell / (Alecsandro, Paulinho)  

26/02/2014 – Flamengo 3×1 Emelec – Maracanã / (Elano, Hernane, Everton)  

04/04/2012 – Flamengo 2×3 Emelec – George Capwell / (Leonardo Moura e Deivid)  

08/03/2012 – Flamengo 1×0 Emelec – Engenhão/ (Vagner Love)  

Campanha do Emelec na atual Libertadores  

Emelec estava no Grupo B, ao lado de Cruzeiro, Deportivo Lara-VEN e Huracán-ARG. O clube equatoriano fez nove pontos e saldo de 1 gol. Foi a pior campanha dos segundos colocados. O principal destaque do time é o centroavante Brayan Angulo que marcou 4 gols na competição.   

A melhor campanha dos elétricos na Libertadores foi em 1995, quando o time conseguiu chegar às semifinais, sendo eliminados pelo Grêmio, que foi o campeão daquele ano.  

Créditos de imagem destacada e nas redes sociais: Gilvan de Souza/Flamengo

Você pode contribuir com o nosso projeto:

Via Paypal:

Via Transferência Bancária:

Banco do Brasil:
Agência 3652-8
Conta Corrente 43937-1

 

Compartilhar: