Foi suado, complicado e dramático, mas a ambiciosa meta do Flamengo eSports foi cumprida: o time conseguiu o acesso ao CBLOL no primeiro split do Circuito Desafiante. Após se ver obrigado a disputar a Série de Promoção, pois sucumbiu a IDM por 3-1 na final, o time venceu a Team One por 3-2, nesse domingo (15), e agora tem sua vaga confirmada para disputar a segunda etapa do CBLOL, que dará ao campeão o direito de representar o Brasil no Mundial da modalidade.

Os dois primeiros jogos foram tranquilos para o Flamengo, e parecia que o time não teria problemas para encaminhar a vaga. O jogo que abriu a série ainda teve um gosto especial para a maior torcida do mundo, que pode acompanhar seu idolo máximo dos campos virtuais Felipe “brTT” Gonçalves realizar um belo pentakill, além de mostrar porque é um dos grandes nomes do eSports nacional.

A partir do terceiro jogo parecia que o sonho ia desandar. Uma atuação abaixo da média do toplaner Jisu deu aos Golden Boys espaço e recursos pra seu principal jogador, o também topo Alvaro “VVert” Martins, para construir duas vitórias e empatar a série, forçando a realização do quinto e derradeiro jogo. A torcida do Flamengo acompanhava apreensiva e via o sonho de disputar o CBLOL escorrer pelos dedos.

A quinta partida foi uma das mais épicas disputadas no Brasil. Após momentos de igualdade, o Rubro-Negro conseguiu criar a vantagem necessária pra finalizar a partida, mas (literalmente) um passo errado de Jisu foi o suficiente para Team One criar uma série de jogadas e bater na porta da base do Flamengo. A torcida e o time pareciam desesperados, mas o time conseguiu de novo criar boas lutas abusando do poder de dois campeões já famosos nas mãos Fla: o imperador Azir e o Jhin, e mais uma vez esteve perto de finalizar o jogo, só que um backdoor do atirador adversário impediu a finalização. Depois disso, a derradeira luta foi travada, o Flamengo conseguiu conquistar o bônus de Barão necessário pra encurralar os Golden Boys na base e destruir o Nexus, fechando a série e sacramentando o acesso para a elite.

O segundo split do CBLOL está previsto pra ser disputado em junho.