Compartilhar:

Raphael Costa, da equipe MRN Informação

O Flamengo eSports pode sofrer mudanças drásticas para a temporada 2020 do CBLoL.

Acesse agora useartillero.com e concorra a uma camisa irada na promoção de lançamento do site!

A primeira é com relação ao gerenciamento do time: A empresa Go4IT, responsável pelo time desde o inicio (primeiro como Cursor eSports), pode estar de saída para dar lugar a uma organização conhecida: a Team One, segundo o site ESPN Esports. Ainda segundo o site, três organizações fizeram propostas para assumir o time, mas a proposta da Team One é a favorita. O movimento é tratado com cautela dentro do clube, por se tratar de uma questão complexa.

Tal movimento seria permitido, em teoria, pois a vaga do CBLOL ainda seria do Flamengo, cabendo ao staff dos Golden Boys somente a parte administrativa e gerencial dos jogadores e dos treinamentos, alem da captação de patrocínio, com lucros divididos entre as duas organizações.
Ao Flamengo, caberia de maneira exclusiva cuidar dos contratos com os jogadores e os direitos de imagem.

Porem, o artigo 3.5.5 do regulamento da Riot Games pode impedir a parceria. O texto diz que “uma organização rebaixada de uma liga, CBLoL ou CD, deve permanecer fora da liga da qual foi rebaixada por, no mínimo, uma Etapa completa – salvo quando duas equipes da mesma organização trocarem de ligas ao mesmo tempo, por meio do processo de Promoção e Rebaixamento”. A depender da interpretação da Riot do regulamento, a Team One pode se encaixar nisso, pois foi rebaixada do CBLoL no 2º Split de 2019.

Riot Games, Team One e Flamengo eSports negaram qualquer tipo de negociação nesse sentido. O rubro-negro ainda afirmou que provavelmente no próximo mês informações oficiais sobre a Temporada 2020 serão divulgadas.

Mas independente de quem gerenciará o time, mudanças drásticas poderão ocorrer na formação que defendeu o rubro-negro nos dois splits e chegou ao titulo do CBLoL. Os contratos dos jogadores tem duração até dia 18 de novembro de 2020, e duas renovações já são dadas como descartadas: do suporte Luci e do caçador Shrimp.

Já os três membros restantes tem propostas de outras organizações. Foi apurado pela ESPN que o Flamengo sofrerá bastante concorrência da paiN Gaming para manter seu principal jogador e ídolo da torcida: brTT.

O atirador, principal nome do LoL nacional, também é bastante querido pela torcida da organização paulista, e um retorno dele é estudado para tentar levar a paiN de volta ao topo.

Um reforço que foi colocado em pauta após o final do primeiro split pode voltar aos planos do Flamengo: dyNquedo. O meio bi-campeão brasileiro defendendo a KaBuM é um dos nomes que deverá receber proposta caso a parceria entre Urubus e Golden Boys seja concretizada.

O MRN depende do apoio de leitores como você para continuar fazendo uma cobertura criativa, propositiva e ética do Clube de Regatas do Flamengo. ➡ Junte-se a nós

Compartilhar: