Compartilhar:

Todo trabalho ruim tem seu preço. Num momento em que diante da falta de resultados positivos a diretoria do Flamengo promove uma tardia, porém necessária reformulação no departamento de futebol do clube, mais um fato surge à tona para aumentar o tamanho da falta de planejamento do futebol do clube. Em entrevista ao Sportv, na tarde dessa terça-feira (3), Paulo César Carpegiani afirmou que os dirigentes sabiam do desejo de deixar o time do até então técnico Reinaldo Rueda ao fim da temporada de 2017.

O agora ex-jogador e mais uma vez ex-técnico do Flamengo também afirmou que não tinha certeza se desempenharia um bom trabalho como coordenador técnico, função para a qual foi inicialmente contratado por Rodrigo Caetano. “Eu não sei se me daria bem na função de coordenador técnico. Talvez eu não tivesse nem aceitado, com toda sinceridade. Acertou-se essa possibilidade (de ser técnico do Flamengo) porque, no final do ano, o Rueda já estava decidido a não ficar”, afirmou Carpegiani.

As palavras do treinador demitido põem abaixo as afirmações que o presidente Eduardo Bandeira de Melo fez no final de 2017 em entrevista ao canal Fox Sports. Quando questionado se sabia de algo sobre a saída do técnico colombiano, o mandatário se mostrou convicto na continuidade de Rueda no Flamengo, em 2018. “Olha, eu só vi na imprensa, se for verdade é sinal que a Federação Chilena tem muito bom gosto para escolher os seus profissionais, mas eu acho que ele vai ficar conosco mesmo. O Flamengo não sabe absolutamente nada e sabe que o Rueda vai passar Natal e Ano Novo com os seus familiares e vai voltar para fazer um grande 2018 com o Flamengo”.

O resto da história o torcedor já conhece: Rueda foi treinar a seleção do Chile. Carpegiani, que tinha sido trazido para ser coordenador, foi improvisado como técnico, e terminou por não durar nem quatro meses no cargo. Agora o Flamengo corre contra o tempo para conseguir o nome ideal e tentar salvar uma temporada em que já na largada o planejamento deu lugar ao improviso. Há alguns nomes na pauta da diretoria e, como foi apurado pelo MRN, o argentino Eduardo Berizzo é um deles.

Foto em destaque: Luciano Belford/Frame/Folhapress


Olá, grande rubro-negro! Quer entrar para o nosso grupo exclusivo de Whatsapp, participar de sorteios de livros incríveis sobre o Flamengo, ter acesso a matérias antes de todo mundo, virar blogueiro do Mundo Rubro Negro e ainda contribuir para o crescimento do projeto com o melhor conteúdo sobre Flamengo da internet? Entre para a nossa comunidade de apoiadores! Saiba mais clicando aqui.

Compartilhar: