Compartilhar:

Nesta segunda-feira, 27/8, os conselheiros do Flamengo Francisco Soares e Tiago Cordeiro, ligados ao grupo político Flamengo da Gente, apresentaram requerimento para abertura de processo de infração disciplinar contra o deputado federal e também sócio do clube Otávio Leite, que tenta a reeleição ao cargo na eleição de 7 de outubro.

O motivo da ação é o uso da imagem do Flamengo em seu material de campanha. Em seus “santinhos”, os famosos panfletos usados por políticos como publicidade eleitoral, o congressista é visto em diversas fotos mostrando camisas do Flamengo com o slogan “É o Flamengo no Congresso Nacional”.

O site oficial do candidato também relaciona sua candidatura ao Flamengo. Como na página http://www.otavioleite.com.br/flamengo.asp que contém alguns dos seus feitos políticos ilustrados com fotos relacionadas ao Flamengo: uma delas mostra o Estádio da Gávea, em outras ele posa ao lado do ex-presidente Márcio Braga e do cantor Gabriel Pensador.

otavio leite flamengo
Artigo 24 do estatuto proíbe sócios de utilizarem o Flamengo em campanhas políticas

Otávio Leite é sócio-honorário e estaria ferindo o artigo 24, inciso XIII, do Estatuto do Clube de Regatas do Flamengo, que impõe ao associado “abster-se de usar ou envolver o nome do FLAMENGO em campanha, de qualquer natureza, estranha aos objetivos do Clube”.

Caberá ao também candidato Bandeira de Mello decidir futuro de Otávio Leite

Como a infração de Otávio Leite tem ampla comprovação (panfletos e site), o requerimento foi feito diretamente ao Conselho Diretor do Flamengo, presidido por Bandeira de Mello. É ele que decidirá pela instauração de inquérito previsto no artigo 59 do Estatuto (veja abaixo) para processamento da falta prevista no artigo 50 (veja também abaixo) do mesmo Estatuto.

Ironicamente, o presidente Bandeira também está envolto em acusações da mesma ordem. Como o MRN noticiou em primeira mão, no dia 10 de agosto, os sócios David Butter e Guilherme Salgado protocolaram requerimento destinado ao presidente do Conselho Deliberativo Rodrigo Dunschee de Abranches com o pedido de afastamento do mandatário de suas funções.

Nesta semana, segundo matéria publicada no O Globo, uma comissão com três desembargadores foi nomeada no Conselho Deliberativo do Flamengo para analisar o que seria um uso indevido do nome do clube por Bandeira em sua campanha para o cargo de deputado federal nas Eleições 2018.



Imagem destacada nos posts e nas redes sociais: Divulgação / Otávio Leite

Apoie o MRN e ajude o nosso projeto a melhorar cada vez mais. Com R$ 10,00 por mês você participa dos nossos grupos de discussão no Whatsapp e Telegram. Seja assinante no Picpay: picpay.me/MRN_CRF ou apoiador no Apoia.se: apoia.se/mrn. Pensa em alguma outra forma de parceria? Entre em contato pelo 21 99419-6540.

Inscreva-se no canal no Youtube e acompanhe os programas MRN Live, o MRN Entrevista e muito mais! > bit.ly/canaltvmrn

LEIA TAMBÉM

> De olho na Fla TV: Flamengo retoma os trabalhos no Ninho do Urubu
> Flamengo divulga a parcial de vendas para a partida contra o Corinthians
> Lateral do Flamengo autoriza agentes a negociarem com o Fenerbahçe
> O que você pode fazer com seus IVI Token?
> Flamengo divulga a parcial de vendas para a partida contra o Ceará
> 21ª rodada, 41 pontos e 3º na tabela: o Flamengo segue dentro do planejamento para ser campeão?
> Pela terceira vez, árbitro uruguaio é escalado para jogo do Flamengo na Libertadores 2018
> Não se acha o que se tinha
> 21° Copa da Amizade Brasil-Japão nesta semana
> 21° Copa da Amizade Brasil-Japão nesta semana
> Flamengo Imperadores perde para o Vasco da Gama Patriotas

Compartilhar: