Compartilhar:

Por Diogo Almeida. Twitter: @DidaZico

“Fala, galera do MRN! Aqui quem fala é o Dani! Queria dizer que eu tô livre, viu? Tô livre… Qualquer coisa, me liga!”. Foi esse o recado que o melhor lateral-direito do Brasil nos enviou por vídeo na manhã desta sexta-feira (26).

Daniel Alves foi recebido hoje pelo prefeito de Juazeiro, na Bahia, Paulo Bomfim. Filho da terra, o lateral campeão da Copa América e capitão da Seleção Brasileira será homenageado com uma estátua em sua cidade natal.

A escultura será feita pelo artista plástico Léo Santana, autor de obras com a de Carlos Drummond de Andrade, que atrai turistas em Copacabana, e a de João Gilberto, também filho de Juazeiro e que foi homenageado com uma escultura às margens do Rio São Francisco.

Daniel Alves ao lado do prefeito Paulo Bomfim e de seu irmão, o cantor Ney Alves. Foto: Divulgação

Curtindo as férias no Brasil, Daniel Alves ainda não anunciou qual será o seu destino após a despedida do PSG: “Hoje fecho mais um ciclo na minha vida, um ciclo de vitória, de aprendizados e de experiências. Obrigado a todos os companheiros pelos momentos vividos, pelas risadas juntos, pelos enfados também que vossos espíritos preguiçosos me fizeram passar.🤣🤪 (…) Um grande abraço a todos e espero que não sintam muita falta das minhas loucuras🤣😂😆”, anuncio em seu perfil no Instagram no dia 23 de junho.

Até então, muito se especula sobre seu retorno ao Barcelona. O Sevilha, primeiro clube europeu que atuou, também é uma forte possibilidade para receber o jogador de 36 anos.

A mensagem descontraída de Daniel Alves foi gravada por um apoiador do MRN e logo viralizou entre os rubro-negros que seguem o @MRN_CRF no Twitter. A maioria clamando para que Marcos Braz, vice-presidente de Futebol do Flamengo, ligue para o Daniel Alves “urgente”.

Depois do baque da derrota em Guayaquil para o Emelec por 2×0, o Flamengo enfrenta o Botafogo neste domingo pela 12ª rodada do Campeonato Brasileiro. E na próxima quarta-feira no Maracanã lotado, vai tentar reverter o revés diante dos equatorianos para chegar às quartas de final da Libertadores, feito conquistado pela última vez em 2010, quando caiu diante da Universidad Chile.

Os pedidos dos torcedores para que Marcos Braz traga Daniel Alves fazem mais sentido diante do momento delicado em que vive o clube. Arrascaeta, Everton Ribeiro e Diego Ribas, todos os meio-campistas de armação, estão machucados, além do atacante Vitinho. Jorge Jesus tem apenas o jovem Reinier à disposição para ser o 10 do time nos próximos jogos.

Apesar de jogar como lateral-direito a maior parte da sua carreira em clube e na Seleção Brasileira, Daniel Alves já mostrou diversas vezes que tem intimidade com a função de camisa 10. Para atuar no futebol brasileiro e sul-americano Dani Alves sem dúvidas cairia como uma luva no meio campo-rubro-negro. Rafinha nem precisa se preocupar em perder sua titularidade.

O MRN depende do apoio de leitores como você para continuar fazendo uma cobertura criativa, propositiva e ética do Clube de Regatas do Flamengo. ➡ Junte-se a nós

Compartilhar: