Compartilhar:

André Amaral, do blog Ninho da Nação, comenta a emocionante primeira partida da série semifinal contra o Botafogo

 

André Amaral


 

O Botafogo vendeu caro essa derrota na partida que abriu as semifinais do NBB.

Contando com apenas torcedores alvinegros, o Flamengo venceu por 79 x 77 e abriu 1 x 0.

Agora terá dois jogos seguidos no Tijuca, quinta e sábado, com apenas Rubro Negros, para fechar a série e garantir vaga na final.

E foi um sufoco. O Flamengo, que liderou a partida inteira, permitiu a virada dos donos da casa após uma cesta de três de Coelho, faltando 11 segundos para o fim do jogo: 77 x 76.

Leia também:
Ninho da Nação
Reclamando de pênalti no Morumbi, Flamengo lidera lista de gols anulados pelo VAR no Brasil
Em busca do bi da Copa Nike, Sub-15 perde na estreia para o São Paulo
Saímos vivos dessa…
Crônica São Paulo 1×1 Flamengo: empate justo

Até que Marquinhos, que havia desperdiçado dois lances livres quando o Rubro Negro vencia por 74 x 72, no minuto final, invadiu o garrafão alvinegro, contando com bloqueio de Mineiro, fez a cesta e sofreu falta. Dessa vez acertou o lance livre de bonificação e garantiu a vitória.

Marquinhos foi o cestinha com 18 pontos e apanhou sete rebotes.

Porém o grande nome da noite foi Franco Balbi. Que só não fez chover. O argentino fez 18 pontos, com quatro rebotes, seis assistências e participações em momentos decisivos.

O Jogo

Após um primeiro quarto equilibrado (17 x 17), o Flamengo conseguiu abrir uma boa vantagem nos minutos finais do segundo período, graças à maestria de Balbi, que marcou cinco pontos seguidos e um rebote precioso de Olivinha, para ir pro intervalo com 37 x 26 no placar.

O terceiro quarto começou com uma bola de três de Balbi: 40 x 26. A arbitragem, porém, marcou a terceira falta do argentino, que teve que ir pro banco.

O placar apontava 52 x 38, quando o alvinegro pediu tempo. E novamente a arbitragem resolveu se intrometer ao marcar duas faltas técnicas contra o Flamengo. O Botafogo aproveitou o momento de instabilidade do time da Gávea e conseguiu uma corrida de 12 x 0 para voltar pra partida: 52 x 50.

Na sequência, Balbi, mesmo com três faltas, volta pro jogo e, numa pressão absurda, tira uma bola de três da cartola: 55 x 50.

 

marquinho flamengo botafogo nbb

Mineiro comemora com Marquinhos após o ponto da vitória. Foto: Marcelo Cortes.

E o armador marca mais cinco pontos seguidos, contando com uma cesta no estouro do cronômetro, para fazer: 60 x 54.

Foram oito pontos seguidos do MVP do primeiro confronto da semifinal.

No quarto final o Flamengo mantinha uma diferença confortável. Porém o Botafogo sabia da importância desse primeiro jogo em casa e só com seu torcedor. E apertou para encostar de vez: 69 x 68.

Após o tempo técnico de Gustavo de Conti, Davi, que fazia uma partida medonha, matou de três: 72 x 68.

O Botafogo não desistiu e encostou novamente, virando o placar faltando 11 segundos: 77 x 76, após cesta de três de Coelho.

Pouco antes, Marquinhos havia errado dois lances livres.

Nos segundos finais o mesmo Marquinhos se redimiu e na bandeja fez a cesta e sofreu falta, para finalizar em 79 x 77.

Um jogaço!

 

 


Você pode contribuir com o nosso projeto:

Via Paypal:

 

 

Via Transferência Bancária:

Banco do Brasil:
Agência 3652-8
Conta Corrente 43937-1

Compartilhar: