Compartilhar:

Perfil da competição nas redes sociais relembra jogadas fundamentais do meia para as duas últimas maiores viradas do futebol brasileiro

A espetacular virada do Flamengo sobre o River Plate em Lima ainda vai render muitas histórias. Nesta quarta-feira, uma ótima lembrança do perfil da Conmebol Libertadores foi a jogada de Diego Ribas para o gol de Adriano na final da Copa América 2004.

Assim como a primeira final única da Libertadores, a Copa América daquele ano também aconteceu no Peru, com a decisão em Lima. O que chama a atenção das duas jogadas é a assistência na forma de lançamento para a área de Diego nos últimos momentos das duas partidas.

Tudo levava a crer que a Argentina venceria aquela que era a primeira decisão de Copa América entre Brasil e Argentina. No entanto, aos 48 minutos do segundo tempo, Diego levantou a bola para a área adversária e Adriano Imperador conseguiu dominar e, de virada, empatar a partida em 2×2. Um lindo gol.

O resultado levou a partida para a decisão por pênaltis. Julio César, goleiro criado nas categorias de base do Flamengo que chegou a desmaiar nas arquibancadas do Monumental U depois do inacreditável segundo gol de Gabigol, brilhou a defender cobrança de D’Alessandro. Diego Ribas também não desperdiçou a terceira cobrança do Brasil e a Seleção venceu sua sétima Copa América por 2(4)X2(2).

Leia também: A impressionante narração chilena dos gols de Gabigol contra o River Plate na final da Libertadores

Já o épico gol de Gabigol, aos 47 minutos do segundo tempo, surgiu de um lançamento mais longo de Diego, ainda da intermediária rubro-negra. O zagueiro Pinola falhou e o camisa 9 do Fla não perdoou, escrevendo o bicampeonato na história do CRF. Depois de sofrer grave contusão, o jogador surpreendeu a todos voltando aos gramados antes do tempo e a tempo de ajudar o Flamengo em Lima. Diego realmente é um predestinado.

Veja melhores momentos das duas partidas

Não deixe de ler também

O MRN depende do apoio de leitores como você para continuar fazendo uma cobertura criativa, propositiva e ética do Clube de Regatas do Flamengo. ➡ Junte-se a nós

Compartilhar: