Compartilhar:

Na tarde desta quinta-feira (05), a Conmebol confirmou que os árbitros contarão com o auxílio do Sistema de Assistência de Arbitragem por Vídeo, a partir das quartas de final na Taça Libertadores. Ainda segundo a entidade, o VAR só poderá ser aplicado em quatro situações: confusão de identidade, gols, pênaltis e cartões vermelhos. Nas oitavas de final da Libertadores, o Flamengo enfrenta o Cruzeiro nos dias 8 e 29 de agosto, ainda sem o VAR. Em caso de classificação, o Rubro-Negro terá pela frente Boca Juniors (ARG) ou Libertad (PAR), já com o novo sistema.

Leia também: VAR nos outros é refresco

O zagueiro Matheus Thuler foi questionado sobre a novidade. O jovem acredita que ainda está cedo para pensar nas quartas, mas avalia a mudança como positiva.

— Estou acompanhando a Copa do Mundo. Acho que é muito bom, miniminiza os erros de arbitragem. Não penso que haverá uma mudança de comportamento por parte dos jogadores. O que muda é que o árbitro terá uma ferramenta para facilitar o trabalho dele. Mas as quartas de final ainda estão longe, antes precisamos pensar nas oitavas –, afirmou em coletiva, no Ninho.

O Flamengo já teve uma experiência com o VAR, no ano passado. O sistema, ainda em estágio embrionário, foi usado nos dois jogos da final da Sul-Americana.


Quer ser apoiador do Mundo Rubro Negro? CLIQUE AQUI

LEIA TAMBÉM

> Sávio recebe Vinicius Junior e deseja sucesso ao Garoto do Ninho
> Flamengo anuncia patrocinador para o futebol feminino
> Com gastroenterite, Guerrero é ausência no treino desta terça
> Flamengo aguarda desfecho com Babel nesta quarta-feira
> Barbieri: “A forma de jogar é mais abrangente do que determinada peça”
> Besiktas tenta manter Babel com venda de jogadores que foram para Copa do Mundo e Flamengo começa busca por novo alvo
> Calendário BFA: Flamengo Imperadores no Campeonato Brasileiro
> Idas, vindas e planejamento na pausa da Copa

Compartilhar: