Compartilhar:

Adriano Skrzypa, da equipe MRN Informação

Finalista em 2019, o Flamengo voltará a disputar uma decisão da Libertadores após 38 anos. Na única vez que o clube Rubro-Negro decidiu uma final da competição, derrotou o Cobreloa, e garantiu seu primeiro título na primeira edição disputada.

Na atual temporada, três estrangeiros Rubro-Negros marcaram na Libertadores: Uribe, De Arrascaeta e Pablo Marí. O último, aliás, foi o primeiro europeu da equipe a balançar as redes na competição.

O Mundo Rubro Negro apresenta (e relembra) os sete estrangeiros que marcaram com o Manto Sagrado na principal competição sul-americana. O feito demorou a acontecer: só em 2012 um estrangeiro balançava as redes pelo Flamengo. Confira!

Darío Bottinelli

O argentino Darío Bottinelli, que vestiu a camisa do Flamengo entre 2011 e 2012, deixou sua marca na competição, sendo o primeiro estrangeiro a marcar pela equipe na Libertadores. Em 2012, marcou dois gols, ambos diante do Olímpia (3×3 no Brasil e 2×3 no Paraguai).

Victor Cáceres

O volante paraguaio Victor Cáceres, que vestiu o Manto Sagrado entre 2012 e 2015, fez apenas 3 gols pela equipe. Um deles, diante do León, no México, na Libertadores 2014. A equipe brasileira acabou sendo derrotada por 2 a 1.

Miguel Trauco

Lateral-esquerdo, Miguel Trauco marcou dois gols na Libertadores 2017, ambos no Maracanã. Um deles diante do San Lorenzo (4 x 0) e outro sobre a Universidad Católica (3 x 1). O peruano vestiu o Manto Sagrado entre 2017 e 2019.

Paolo Guerrero

Primeiro atacante estrangeiro a marcar pelo Flamengo na Libertadores, Guerrero marcou dois gols na Libertadores 2017, assim como o conterrâneo Trauco, ambos no Maracanã (2 x 1 no Athlético-PR e 3 x 1 na Universidad Católica). O peruano vestiu a camisa do clube entre 2015 e 2018.

Fernando Uribe

Tipo Colômbia! Diante da LDU, no Maracanã, Uribe fez o único gol colombiano do Flamengo na história da Libertadores. O atacante vestiu a camisa do Flamengo entre 2018 e 2019.

Giorgian De Arrascaeta

Também em 2019, saiu o primeiro gol uruguaio do Flamengo na competição. De Arrascaeta, que chegou à equipe no início da temporada, balançou as redes na vitória por 6 a 1 diante do San José, no Maraca.

Pablo Marí

Esse foi especial: foi o primeiro gol ESPANHOL do clube na competição. Marí foi o primeiro zagueiro estranheiro a marcar pelo Mengão na Libertadores, na goleada histórica diante do Grêmio na semifinal deste ano, por 5 a 0.

O MRN depende do apoio de leitores como você para continuar fazendo uma cobertura criativa, propositiva e ética do Clube de Regatas do Flamengo. ➡ Junte-se a nós

Compartilhar: