Compartilhar:

Quem acompanha o MRN sabe que nossa missão é produzir conteúdo original e de qualidade. Seguindo esse objetivo, vamos levar a você, através da TV MRN, nosso canal oficial no YouTube, uma série de entrevistas com representantes de grupos políticos do Flamengo. O clube já vive um intenso clima eleitoral e queremos que o torcedor conheça mais os bastidores da política Rubro-Negra.

Inscreva-se na TV MRN: Youtube.com/MundoRubroNegro

E para inaugurar essa série, Diogo Almeida, editor do site e um dos apresentadores da TV MRN, foi recebido por um dos representantes do grupo Fla+, Lysias Itapicurú, conselheiro e ex-candidato a presidente do Flamengo. Agradecemos ao Lysias, assim como a todos os membros do Fla+ pela disponibilidade em atender o MRN. Abaixo o leitor encontra a transcrição de alguns momentos importantes da nossa entrevista e o vídeo na íntegra.

Missão do Fla+

A missão do Fla+ é representar os associados, os conselheiros do Flamengo e os membros da Nação Rubro-Negra, que por algum motivo não estão na vida institucional do Flamengo por que não são sócios. A gente dá oportunidade, porque no Fla+ quem não é sócio pode participar, de se sentir parte da instituição Flamengo.

O tamanho do Fla+

Já passamos da casa dos 100 membros. No site do Fla+ tem todos os nomes dos membros, entre não sócios, sócios torcedores, sócios e conselheiros do Flamengo.

A organização

Temos nossas reuniões mensais. Uma intranet. Não temos um presidente. Temos várias lideranças com perfis bem diferentes que contribuem muito e quando tem a necessidade de discutir um tema específico como, por exemplo, a reforma do Estatuto, um grupo se reúne, nesse caso liderado por juristas, e vai tratar daquela reforma. E daí que a gente vai votar, defender, articular para que aconteça ou não. Se não tivermos um especialista no tema dentro do grupo buscamos alguém de fora para trazer esse entendimento.

Debate através da diferença

As pessoas criticam muito grupo político no Flamengo. Porque o Flamengo não é um só. O Flamengo é só! A gente tem que fazer um exercício que é concordar e discordar. Discordar a gente cresce. A gente não pode é brigar. Grupo político não pode ser rival. Não pode se odiar. Eu penso nessa linha, ele pensa naquela outra, ok. Vamos discutir ideias e ganhe as melhores propostas. O objetivo principal tem que ser o Flamengo. Na maioria das vezes não é. A formação de grupos políticos do Flamengo é muito rica e devia ser mais explorada.

SóFLA

Sempre acreditei na juventude. Tem o ar da audácia que faz toda diferencial. Só que nós temos que construir isso com mais compreensão. Dar as mãos. Essa rivalidade me preocupa um pouco. (…). As pessoas não se conhecem, rotulam e xingam. O Flamengo é uma máquina de moer o homem. Ali as pessoas denigrem o seu caráter. Então se criou uma divisão no Flamengo. O SóFLA e o resto. “Eu odeio o SóFLA!”. Senhores, no SóFLA tem muita gente boa. O comportamento de A, B ou C se criou uma rixa desnecessária. A gente ouviu de alguns membros do SóFLA que o que estava no Flamengo era a vanguarda do atraso. Que seja verdade. Que pensem assim. Não se diz, não se fala, não se coloca. Tem que parar com esse ódio. Que se você não é do SóFLA você não serve. Por quê?

As ideias de fora

O Conselho Deliberativo é muito rico. Pessoas extremamente capazes ali. Se essas pessoas capazes conseguirem ouvir as pessoas de fora, a gente vai fazer de fato esse Flamengo que a gente imagina: grande, robusto, plural. E o caminho pode ser o dos grupos políticos

Responsabilidade política como brasileiros e rubro-negros

Nós, como brasileiros, temos que ter responsabilidade política. Nós como rubro-negros, conselheiros e pessoas ativas na política rubro-negra, temos que ter responsabilidade política. Negar fazer política é muito ruim. Você faz política o dia inteiro. E o que nós fazemos no Conselho Deliberativo é discutir política com paixão. Não adianta reclamar quando perde. Venha participar. O Flamengo não tem dono. Mas tem representantes.

Redes sociais

Tem que ter responsabilidade. As ferramentas que nos permitem uma comunicação mais ampla e rápida. Você pode se perder e vai gerar um desgaste muito grande. E pode gerar um problema para a instituição muito grande. As redes sociais estão cheias de formadores de opiniões como também está cheia de fake news. Os grupos políticos se fazem importantes para você se representar. O grupo político nas redes sociais não só se manifesta da forma correta como esse grupo também tem uma capacidade maior de assumir as responsabilidades e as consequências.

Apoio a Rodolfo Landim

Apoiamos o Wallim Vasconcellos na última eleição. Decidimos apoiar Rodolfo Landim e concorrer ao Conselho Deliberativo. Por que resolvemos apoiar o Rodolfo? Primeiro pelo princípios que nos unem. O Rodolfo é uma pessoa pragmática, direta, com uma experiência de vida extraordinária, um preparo que está a altura daquilo que nós queremos para o Flamengo. Tem grande capacidade aglutinadora e de diálogo. É um sujeito apaixonado e que conhece futebol. Tem condições de opinar com propriedade sobre o futebol. E grupo que o cerca e o apoiam são de grande valor.

Administração Bandeira

O Flamengo vinha de gestões difíceis e temerárias. Vitoriosas em campo, o que essa não foi – e todo mundo sente falta de títulos – e gestões catastróficas financeiramente. O Flamengo ficou muito estragado. Essa administração de 2013-2018 tem um mérito muito grande mas não tem mágica. Porque quando você tem na sua casa o mínimo que é pagar suas contas você passou a fazer o mínimo da sua obrigação. Mas isso não é projeto de Flamengo. Faltaram títulos no futebol, nos esportes olímpicos. Estamos uma catástrofe no remo.

Esportes Olímpicos

Você pega um percentual do futebol tem como investimento social privado a formação olímpica brasileira. Então vamos supor que a gente consiga pegar do orçamento do Flamengo 20 milhões por ano para o esporte olímpico e ali você vai focar no basquete, no vôlei, na natação. A delegação olímpica brasileira era formada em sua maioria por atletas do Flamengo. E continuar a trabalhar a questão dos incentivos fiscais. O Flamengo pode ter as suas escolinhas. Tem como arrecadar com esporte olímpico também, no âmbito das escolinhas. Mantendo a parceria com as Forças Armadas.

Papel do Fla+ em caso de vitória de Landim

Todos que estão apoiando têm a sua expectativa de participar e ter sua função na administração da UniFla liderada por Rodolfo Landim. Isso são pontos discutido cotidianamente com os representantes. O Fla+ vai disputar o Conselho Deliberativo. E eu sou o candidato. A candidatura do Fla+ quer levar um equilíbrio ao Flamengo e todo o apoio necessário à administração do Flamengo. E mais a frente vamos disputar o Conselho Fiscal.
 

Para maiores informações sobre o Fla+: flamais.com.br

VEJA O VÍDEO NA ÍNTEGRA


 

Imagem destacada nos posts e nas redes sociais: Divulgação

Edição de vídeo: Carlos Gusmão (Siga-o no Twitter: @crgusmao)

Apoie o MRN e ajude o nosso projeto a melhorar cada vez mais. Com R$ 10,00 por mês você participa dos nossos grupos de discussão no Whatsapp e Telegram. Seja assinante no Picpay: picpay.me/MRN_CRF ou apoiador no Apoia.se: apoia.se/mrn. Pensa em alguma outra forma de parceria? Entre em contato pelo 21 99419-6540.

Inscreva-se no canal no Youtube e acompanhe os programas MRN Live, o MRN Entrevista e muito mais! > bit.ly/canaltvmrn

LEIA TAMBÉM

> Gol salvador de Elias completa cinco anos
> Blog Mengo, logo existo: O dia mais feliz da minha vida
> Por opção de Barbieri, Uribe não foi relacionado para partida contra o Cruzeiro
> MRN Live #28 – Cruzeiro x Flamengo, você acredita na classificação?
> Junior Baiano é direto ao ser questionado sobre frustração na carreira: “Joguei no maior do Brasil”
> Berrío sofre entorse no tornozelo direito
> Flamengo divulga a parcial de vendas para a partida contra o Ceará
> Convocado, Cuéllar desfalcará o Flamengo em importantes partidas
> O que você pode fazer com seus IVI Token?
> Canal Barbaridade: Everton Ribeiro comenta golaços e amizade com Ricardo Goulart
> Deputado e sócio do Flamengo é acusado de usar o Flamengo em campanha para reeleição
> De olho na Fla TV: Flamengo retoma os trabalhos no Ninho do Urubu
> Flamengo divulga a parcial de vendas para a partida contra o Corinthians
> Lateral do Flamengo autoriza agentes a negociarem com o Fenerbahçe
> 21ª rodada, 41 pontos e 3º na tabela: o Flamengo segue dentro do planejamento para ser campeão?
> Pela terceira vez, árbitro uruguaio é escalado para jogo do Flamengo na Libertadores 2018
> Não se acha o que se tinha
> 21° Copa da Amizade Brasil-Japão nesta semana
> Flamengo Imperadores perde para o Vasco da Gama Patriotas

Compartilhar: