Compartilhar:

Nesta sexta-feira (21), a equipe sub-17 do Flamengo venceu o Fluminense por 1 x 0 no Maracanã e levou o título da Copa do Brasil 2018 para a Gávea. É a primeira vez que o clube vence a competição.

Após um primeiro jogo muito equilibrado e com o placar final de 1 x 1, os jogadores do Flamengo sofreram um surto de caxumba que fez a diretoria pedir o adiamento da segunda partida. O jogo aconteceria no dia 11/12 e foi remarcado pela CBF para a data de 21/12.

Não satisfeito, o Fla nos últimos dias ainda tentou novamente o adiamento para 2019 da final, porém a Confederação Brasileira de Futebol bateu o martelo e não acatou o pedido.

Dez jogadores do Flamengo foram comprometidos para o jogo, e mesmo assim a taça foi para a Gávea: Natan, Bruninho, Weverton, Lázaro, Gabriel Noga, Ramon, Sidney e Yuri de Oliveira, diagnosticados com caxumba nos últimos dias; Luís Gustavo e Gomes, não atuaram por estar suspensos.

CRÔNICA DO JOGO

O Flamengo campeão foi a campo com: Pedro Victor, Braian, Otavio, Lucas Freitas e Ítalo; Daniel, Lucas Gabriel, Marcos Felipe, João Gabriel e Reinier; Rhyan.

A partida começou com o Flamengo tentando criar as primeiras ações. Antes do primeiro minuto, o meia Reinier fez uma boa jogada e tentou um chute que passou perto da trave tricolor. A equipe comandada pelo técnico Felipe Leal buscou fazer a pressão inicial que é característica rubro-negra em jogos no Maracanã.

Aos 7 minutos, o atacante João Pedro do Fluminense sofreu uma falta na entrada da área do Fla. A cobrança foi feita e por muito pouco o zagueiro Luan não balançou as redes rubro-negras. Equipe das Laranjeiras já tinha melhorado na partida. Aos 12 minutos, em uma jogada feita pelo lado direito de seu ataque, Marcos Paulo cabeceou sozinho e a bola passou perto da baliza do Flamengo.

O ímpeto do Fla já tinha diminuído bastante, porém a equipe ainda estava viva no jogo, e aos 14 minutos, o meia Reinier balançou as redes do Flu. Marcos Felipe recebeu na direita, rolou para o camisa 10 rubro-negro que chutou de primeira, sem chances para Marcelo. Flamengo na frente, 1×0.

A equipe do técnico Eduardo Oliveira sentiu o gol, e aos 20 minutos, em um cruzamento pela direita, o centroavante Rhyan cabeceou no travessão. Quase o segundo do Flamengo. O rubro-negro voltava a ”reinar” na partida.

Após o gol de Reinier, a primeira etapa foi totalmente controlada pelo Flamengo, com a equipe tendo as melhores chances. João Gabriel era um dor de cabeça para a zaga tricolor.

A partir dos 35, o Fluminense tentava mas não conseguia trocar passes e incomodar de fato a defesa rubro-negra. Time errava muito e estava nervoso em campo. Aos 40 minutos, o meia Luis Henrique do Flu cortou para o meio e fez uma boa finalização que raspou a trave do goleiro do Flamengo. Pedro Victor voltava a trabalhar pelo lado do clube da Gávea.

No último lance da primeira etapa, Wallace entrou cara a cara com Pedro Victor, mas desperdiçou. Grande defesa do goleiro do Fla.
O primeiro tempo se encerrava, e o 1×0 dava o título ao rubro-negro.

Na segunda etapa as equipes voltaram com a mesma escalação. O jogo se reiniciou de uma forma bastante lenta, com o Flamengo satisfeito com o placar e o Fluminense não conseguindo furar o bloqueio rubro-negro.

Aos 8 minutos, o Fla teve uma ótima chance. Em um cruzamento pelo lado direito feito pelo Braian, Reinier subiu sozinho e de cabeça, quase ampliou o placar. Aos 14 minutos, o Fluminense perdeu uma boa chance. João Pedro entrou sozinho com o goleiro Pedro Victor do Flamengo, e de forma até displicente tentou uma ”cavadinha” por cima.. mas sem sucesso.

O tricolor continuava tentando, e Luis Henrique pelo lado direito construía boas chances para a equipe do técnico Eduardo Oliveira.

O Flamengo tinha recuado e apostava nos contra-ataques para matar a partida, e o Fluminense se lançava cada vez mais em busca do empate.

Aos 26 minutos, quase o empate do Flu. Martinelli toca com Wallace na direita. O camisa 7 manda na cabeça de João Pedro, que finaliza no canto esquerdo de Pedro Victor. O goleiro do Fla espalma. Na sequência, o Flu tenta de novo, mas a zaga rubro-negra tira. Um grande ”bate e rebate” que fez pulsar os corações no Maracanã.

Aos 35 minutos, quase acontece o gol de empate do Fluminense novamente. Em uma jogada feita pelo lado esquerdo pelo Wallace, Miguel Silveira recebeu livre de marcação e finalizou na trave rubro-negra. Faltava 10 minutos para o término do tempo regulamentar, e a equipe das Laranjeiras fazia uma grande pressão.

Callegari aos 40 minutos quase deixa tudo igual no Maracanã. O lateral recebeu uma bola limpa, de frente para o gol do Flamengo, chutou firme, mas teve desvio na zaga e foi para escanteio. Fluminense já estava na base do tudo ou nada.

Em um contra-ataque raro, Rodrigo Muniz recebeu livre no lado direito mas cabeceou fraco. Poderia ser o segundo e o gol do alívio rubro-negro. Aos 43 minutos, o capitão tricolor André faz uma falta boba e é expulso, Fluminense com um a menos, e o Fla se aproximava do título.

O árbitro tinha assinalado mais 7 minutos de acréscimos. Últimos instantes no Maracanã, e aos 47 minutos o João Pedro perdeu a cabeça, fez uma falta dura e levou cartão vermelho direto. Mais um expulso pelo lado do Fluminense.

Com menos dois em campo, o Flu não tinha mais força e nem tempo. E o Flamengo cheio de desfalques foi valente, fez uma boa partida no geral e quando o árbitro aos 52 minutos apitou o fim de jogo, os garotos do Ninho se tornaram pela primeira vez, CAMPEÃO DA COPA DO BRASIL SUB-17.

Um título merecido, que tem como o grande destaque o menino de 16 anos Reinier, que já pode ser na próxima temporada levado ao elenco profissional.

Na festa do título, os atletas foram para o setor norte comemorar com a torcida rubro-negra que compareceu no Maracanã. Após algumas decepções com o elenco profissional, a Nação termina 2018 soltando o grito de ”é campeão” com os meninos, no palco consagrado do futebol brasileiro.

FICHA TÉCNICA

Flamengo x Fluminense

Gols: Reinier (FLA) 1°T | 14’Min

Cartões amarelos: Reinier (FLA), Wallace (FLU), Marcos Pedro (FLU), Daniel Cabral (FLA), Lucas (FLA)

Cartões vermelhos: André (FLU)

Substituições:

FLAMENGO
Saiu: Braian | Entrou: Jhonata
Saiu: Lucas Gabriel | Entrou: Dhouglas
Saiu: Otávio | Entrou: Hugo
Saiu: Rhyan | Entrou: Caio Alves
Saiu: João Gabriel | Entrou: Rodrigo Muniz

FLUMINENSE
Saiu: Marcos Paulo | Entrou: Miguel Silveira
Saiu: Marcos Pedro | Entrou: Gabriel Teixeira
Saiu: Wallace | Entrou: Yago
Público presente: 1.834 pessoas.

PARA MAIORES INFORMAÇÕES MANDE MENSAGEM NO 21 994196540
Compartilhar: