Compartilhar:

A estreia do Flamengo/Marinha no Campeonato Brasileiro Feminino 2018 foi com o pé esquerdo. Jogando na Vila Belmiro, as rubro-negras foram derrotadas pelo Santos, pelo placar de 6 a 0. Os gols foram marcados por Rosana, Alanna, Maurine, Carol Arruda, Sochor e Rosane.

O jogo manteve-se equilibrado até os 16 minutos do primeiro tempo, quando a santista Giovana recebeu ótimo lançamento, mas foi derrubada pela goleira Stefane na entrada da área. O juiz anotou a falta e aplicou cartão vermelho direto para a arqueira rubro-negra. O técnico Ricardo Abrantes então tirou a atacante Larissa e colocou a goleira Kaká. Mesmo assim, Rosana, cobrando falta, abriu o placar para as paulistas.

Aos 35, a mesma Rosana fez ótima jogada pela esquerda, e cruzou com perfeição para Alanna ampliar. Na etapa final, o Santos aumentou ainda mais a vantagem, com Maurine  e Carol Arruda. Sochor, que entrou no decorrer da partida, fez o quinto, aos 25 minutos, e deu assistência para o gol de Rosane, aos 38 minutos. Final de jogo: Santos 6 x 0 Flamengo/Marinha.

Escalações

SANTOS: Michelle; Giovana, Tayla, Carol Arruda e Dani Silva; Sandrinha (Erikinha), Brena, Maurine e Alanna; Chú (Rosane) e Rosana (Sochor). Técnica: Emily Lima.

FLAMENGO: Stefane; Rayanne (Karen), Renata Diniz, Ana Carol e Raquel; Juliana, Jane e Barbara; Larissa (Kaká), Pâmela e Dani Helena (Fernanda Palermo). Técnico: Ricardo Abrantes.

Próximas partidas do Flamengo/Marinha

O próximo compromisso do Mengão no Campeonato Brasileiro Feminino será na quarta-feira (02/05), contra a Ponte Preta e, a seguinte, no dia 09, contra o Rio Preto. Ambos os jogos serão realizados na Gávea, e não serão cobrados ingressos para acesso ao estádio.

Regulamento

O Flamengo está no grupo 2, juntamente de Vitória-PE, Foz Cataratas/Coritiba-PR, Rio Preto-SP, Santos-SP, Portuguesa-SP, Audax-SP e Ponte Preta-SP. Na primeira fase da competição, as equipes do mesmo grupo enfrentam-se em turno e returno. As quatro melhores, avançam às quartas de finais, após isso, mata-mata com jogos de ida e volta. O campeão, além do troféu, garante vaga na Libertadores da América Feminina 2019.

Créditos imagem destacada: Ybom Produções

Compartilhar: