Compartilhar:
WhatsAppFacebookTwitterTelegram

Matheus Leal, da equipe MRN Informação

A 30ª rodada do Brasileirão 2019 chegou ao fim e agora faltam apenas oito para conhecermos o grande campeão. No entanto, a decisão pode ser até antes, já que o Flamengo tem grande vantagem de oito pontos no topo da tabela. Tabela essa que poderia estar bem diferente não fosse a implementação do VAR.

Acesse agora useartillero.com e concorra a uma camisa irada na promoção de lançamento do site!

De acordo com um levantamento feito pelo jornalista Alexandre Siqueira, que cataloga a utilização do árbitro de vídeo desde a primeira rodada, o Flamengo seria líder do Brasileirão independente do VAR. No entanto, o Palmeiras estaria ainda mais perto do rubro-negro. A vantagem da equipe carioca para a paulista seria de apenas sete pontos não fosse a tecnologia, pois o Fla teria 69 e não 71 pontos. Todavia, o alviverde paulista também teria um ponto a menos que os 63 atuais.

Os dois pontos “perdidos” pelo Flamengo seriam do jogo contra o Fortaleza. Na ocasião, o primeiro gol rubro-negro saiu apenas com o auxílio da tecnologia. Vale destacar que o pênalti do Leão do Pici foi confirmado pelo VAR, no entanto a marcação de campo já havia sido penalidade máxima, por isso não conta como interferência.

Na parte de baixo da tabela, o Botafogo estaria na zona de rebaixamento livrando o Fluminense. O alvinegro teria apenas 31 pontos e o tricolor estaria com 33, uma posição acima do Z-4.

Veja a classificação do Brasileirão sem VAR após 29 rodadas:

Não deixe de ler também

O MRN depende do apoio de leitores como você para continuar fazendo uma cobertura criativa, propositiva e ética do Clube de Regatas do Flamengo. ➡ Junte-se a nós

Siga o autor: @matheusleal1

Compartilhar:
WhatsAppFacebookTwitterTelegram