Atuações: Everton, Jorge e Fernandinho garantem noite de golaços e Fla avança na Sula

Atuações: Everton, Jorge e Fernandinho garantem noite de golaços e Fla avança na Sula

novaquebraatuações

No jogo de volta contra o Figueirense pela Sul-Americana, o Flamengo venceu o adversário catarinense por 3 a 1 e garantiu a vaga às oitavas de final no Kleber Andrade. Com três lindos gols de Everton, Jorge e Fernandinho, o Mengão se garantiu na fase seguinte. Veja a seguir, as notas das atuações dos jogadores.

Alex – Pouco trabalhou e não teve culpa do gol do Figueirense. Nas bolas pelo alto dominou e não deu chances para os atacantes adversários. NOTA 7,5

Pará – Desde que chegou ao Flamengo, não vive um momento tão bom no time. De sombra da jovem revelação Rodinei a titular absoluto e procurado pelos jogadores de ataque, o camisa 21 se multiplica em campo e defende e ataca com a mesma eficiência o jogo inteiro. Após ser questionado até sobre sua permanência no elenco, deu a volta por cima e virou peça de grande importância nesse Flamengo tão forte do segundo semestre. NOTA 8

Réver – Dominante pelo alto na defesa e no ataque, teve chances em bolas aéreas, mas não foi efetivo. Ainda marcou gol, mas o árbitro já havia assinalado impedimento. No lance do gol do Figueirense, foi o jogador do Flamengo que dividiu com mais firmeza, mas a sorte no momento não estava do nosso lado. Mérito deles. NOTA 7

Rafael Vaz – Partida típica de um jogador titular absoluto no time. Chutão quando preciso, toque e frieza para sair com qualidade também. É dono da vaga na zaga pelo lado esquerdo. NOTA 7

Jorge – Talvez a melhor partida dele em 2016 com a camisa do Flamengo. Defensivamente inigualável, fez uma partida ofensiva sensacional e numa sobra de bola, fez um gol de placa no Kléber Andrade. Pela sequência de jogos fora por lesão no joelho, volta a ter uma sequência positiva em campo e mais uma vez ajuda muito o time. NOTA 8,5

Márcio Araújo – Fez boas coberturas, principalmente pela esquerda com as subidas de Jorge para o ataque. Voltou a roubar bolas após algumas partidas apenas ocupando bem os espaços e ajudou muito o time. Por opção tática deu espaço para Alan Patrick no jogo. NOTA 6,5

Arão – Com uma configuração bastante ofensiva do time, onde até os laterais buscaram jogar no campo da ataque, se manteve durante grande parte do jogo protegendo os zagueiros e fez bonito. Deu carrinho, desarmes, roubou bolas, interceptou jogadas e inibiu os jogadores de ataque do adversário. Após partidas ruins, esse jogo pode significar o ressurgimento dele no time. NOTA 7,5

Diego – Mais uma vez mostrou que está se adaptando muito rápido nesse retorno ao Brasil. Em alguns momentos parecia ter mais de um dele em campo, tamanha a sua dedicação e versatilidade. Sempre tentando dar passes em profundidade e articulando muito bem as jogadas no meio, hoje já é peça fundamental no esquema de Zé Ricardo. NOTA 8

Gabriel – Após não fazer uma boa partida contra a Chapecoense, voltou a jogar bem e ajudar muito o time. Caiu pelos dois lados buscando jogadas em velocidade, incomodou o adversário e apareceu lá atrás para dar uma força na defesa, mesmo com o Figueirense pouco incomodando. Embora seja limitado tecnicamente, parece num momento melhor que os pontas titulares do time. NOTA 7

Everton – Inspirado, jogou como poucas vezes nessa temporada. Sempre ajudando na defesa, encontrou um Jorge também iluminado e deu trabalho ao adversário. Em linda jogada pelo meio, tabelou com Gabriel após receber de Diego e fez um lindo gol, empatando o jogo. Parece estar se reencontrando com seu melhor futebol. NOTA 8,5

Damião – Grande partida do atacante. Buscou tabelas, fez a presença de área, atuou de pivô e incomodou o adversário na saída de bola. Em alguns momentos demonstrou falta de ritmo e deu sinais que ainda não está em plenas condições físicas, mas tem qualidade técnica para fazer companhia a Guerrero numa possível formação com dois atacantes. NOTA 7

Alan Patrick – Veio para o jogo no lugar de Márcio Araújo numa clara intenção de tornar o time mais ofensivo do técnico Zé Ricardo. Fez a frente da zaga com bastante dedicação e contribuiu com sua candência e qualidade no passe ofensivamente. Finalizou com muita frieza num momento de pressão do Flamengo e quase marcou o seu gol. Tem condições de seguir ajudando o time na temporada. NOTA 7

Fernandinho – Voltou ao time no lugar de Everton para manter o gás pelo lado esquerdo do ataque e não deixou a desejar. Com pouco tempo em campo, fez uma linda jogada e marcou um golaço. Ainda se dedicou e ajudou bastante na recomposição defensiva. NOTA 8

Emerson – Voltou ao time após um longo período sem jogar e pouco produziu. SEM NOTA

 

Só golaço, hein!? Fla mandou bem demais e garantiu a vaga nas oitavas. E o que você achou das notas desse jogo? Deixe seu comentário e suas notas também. Pra gente é como um golaço do Mengão!!!

 

SRN

 

Raony Furtado

About The Author

Raony Furtado

Formado em Licenciatura Plena em Educação Física, Especialista em Educação Física Escolar, Professor Especialista de Educação Física pela Rede Estadual de Ensino Médio do Estado do Ceará. Técnico de Futebol Amador, atualmente dirigindo o Marechal Futebol Clube de Mauriti, Ceará.

ANÚNCIO

APOIADORES

ANÚNCIO

Siga-nos no Twitter

NOTÍCIAS DO FLAMENGO